O que já ouvi após fazer bariátrica

Ouço com frequência vários comentários (inoportunos) sobre minha aparência física ou peso aí quando digo que fiz bariátrica há 7 anos as caras de espantos vem recheadas de outros comentários…

Alguns exemplos vocês podem ler abaixo!!!

E vcs, o que já ouviram???

O que já ouvi após fazer bariátrica

A PESSOA: Você consegue comer tudo isso?

EU: Sim!!! As vezes até mais!!!

***

A PESSOA: Você já emagreceu, o que mais quer da vida?

EU: Quero um emprego na minha área de atuação como assistente social!!! Quero ganhar na Mega Sena!!! Quero casa, comida e roupa lavada!!! Quero que nenhuma criança morra de fome!!! Quero ser Mutante!!! Quero Dominar o Mundo!!!

***

A PESSOA: Você é bonita, vai procurar outro namorado!

EU: Você é maravilhosa e agradavelmente simpática! Que tal procurar um…

*A imagem ilustrativa deste post retirei do site https://www.gettyimages.com/photos/fingers-in-ears?mediatype=photography&page=2&phrase=fingers%20in%20ears&recency=anydate&sort=mostpopular&license=rf,rm&suppressfamilycorrection=true através de pesquisa na internet.
Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Desafio dos 200 Filmes | Um filme com um monstro gigante

Um filme com um monstro gigante

King Kong é um filme épico de ação, aventura e fantasia estadunidense de 2005, co-escrito, produzido e dirigido por Peter Jackson, sendo um remake de King Kong, de 1933. Produzido pela WingNut Films e distribuído pela Universal Pictures, é estrelado por Naomi Watts, Jack Black e Adrien Brody. Andy Serkis deu vida a Kong através da captura de movimento. Peter Jackson fez uma aparição nos minutos finais como uns dos pilotos dos aviões que disparam tiros contra o monstro.

Antes da versão de Jackson, foi lançado em 1976 um filme baseado no gorila gigante estrelado por Jeff Bridges, Charles Grodin e Jessica Lange. Mas com pequenas diferenças da produção dos anos 30, a refilmagem moderna não foi bem recebida pela crítica especializada e pelo público. A mudança mais notória é que em vez de escalar o Empire State Building, Kong sobe até o topo das antigas Torres Gêmeas do World Trade Center.

A pré-estreia de King Kong ocorreu 5 de dezembro de 2005 na Cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Na Nova Zelândia, foi lançado em 13 de dezembro de 2005, chegando em Portugal dois dias depois. Nos Estados Unidos e no Brasil, estreou no dia 16 de dezembro de 2005. Aclamado pelos críticos, tornou-se um grande sucesso financeiro ao arrecadar mais de US$ 550 milhões em todo o mundo. Tanto na bilheteria doméstica, Estados Unidos e Canadá, quanto na receita mundial, o remake ocupou a quinta posição, perdendo apenas para os filmes Harry Potter and the Goblet of FireStar Wars: Episode III – Revenge of the SithThe Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch and the Wardrobe e War of the Worlds. Na época, era a quarta produção de maior bilheteria da Universal Pictures.

Foi indicado a quatro estatuetas do Oscar na cerimônia de 2006, vencendo nas categorias de Melhores Efeitos Especiais, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som. Perdeu para Memoirs of a Geisha em Melhor Direção de Arte. King Kong foi o maior ganhador da noite ao lado de Brokeback MountainCrash e Memoirs of a Geisha, todos conquistando três prêmios.

King Kong foi lançado em home video no dia 28 de março de 2006, faturando US$ 100 milhões e batendo recorde como a maior venda de DVD da história da Universal Pictures em apenas seis dias.

Em março de 2017, Kong: Skull Island estreou nos cinemas. O filme trata-se de um reboot da franquia King Kong. A nova produção foi idealizado para um futuro crossover com Godzilla. O embate entre os dois personagens centrais ocorrerá em 2020, após Godzilla: King of the Monsters. Até o momento, a produção é intitulada Godzilla vs. Kong. Os longas fazem parte do MonsterVerse, um ambicioso projeto da Warner Bros. Pictures, produzido pela Legendary Pictures (com participação da Toho para os filmes de Godzilla), que visa uma franquia de filmes com os dois monstros. Apesar de faturar US$ 16 milhões a mais em receita, Kong: Skull Island ficou atrás do remake de Peter Jackson no mercado doméstico. A produção de 2005 somou US$ 218 milhões, contra US$ 168 milhões do longa de 2017.

Sinopse

A história se passa em 1933. Ann Darrow (Naomi Watts), uma atriz de vaudeville, enfrenta dificuldades para se sustentar, como vários outros americanos durante a Grande Depressão. Ela caminha pelas ruas de Manhattan pensando na possibilidade de trabalhar em um cabaré, até que a fome a faz roubar uma maçã. Ann é salva pelo cineasta Carl Denham (Jack Black), que oferece a ela o papel principal em sua próxima produção. Inicialmente indecisa, Ann aceita a oferta após saber que o roteirista é o conceituado dramaturgo Jack Driscoll (Adrien Brody). Na verdade Carl está em apuros, já que o patrocínio para concluir seu filme inacabado foi cancelado e sua antiga atriz principal abandonou o projeto.

Apesar dos problemas, Carl embarca a equipe e o elenco de seu filme no cargueiro fretado S.S. Venture. O objetivo da viagem é chegar na Ilha da Caveira, que tem a fama de abrigar uma raça perdida e várias criaturas consideradas extintas. No final do filme, o grande gorila sobe no edifício Empire State Building, e em uma das cenas mais marcantes e produzidas do cinema, King Kong cai lá de cima impressionando a todos.

Elenco

  • Naomi Watts como Ann Darrow
  • Jack Black como Carl Denham
  • Adrien Brody como Jack Driscoll
  • Kyle Chandler como Bruce Baxter
  • Thomas Kretschmann como capitão Englehorn
  • Colin Hanks como Preston
  • Jamie Bell como Jimmy
  • Evan Parke como Hayes
  • Lobo Chan como Choy
  • John Sumner como Herb
  • Craig Hall como Mike

Crítica

King Kong tem aclamação por parte da crítica profissional. Com a pontuação de 84% em base de 287 críticas, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: “Com o estado da arte de efeitos especiais, performances incríveis, e um majestoso senso de espetáculo, o remake de King Kong de Peter Jackson é um épico poderoso, fiel ao espírito do original de 1933”.

Principais prêmios e indicações

Oscar 2006 (EUA)

  • Óscar para Melhores Efeitos Visuais
  • Óscar para Melhor Edição de Som
  • Óscar para Melhor Mixagem de Som

Indicações:

  • Melhor Direção de Arte

Globo de Ouro 2006 (EUA)

Indicações:

  • Melhor Diretor
  • Melhor Trilha Sonora

BAFTA 2006 (Reino Unido)

  • Melhor Som

Indicações:

  • Melhor Desenho de Produção
  • Melhores Efeitos Especiais

Prêmio Saturno 2006 (EUA)

  • Melhor Diretor
  • Melhor Atriz – Naomi Watts
  • Melhores Efeitos Visuais

Indicações:

  • Melhor Figurino
  • Melhor Filme de Fantasia
  • Melhor Maquiagem
  • Melhor Roteiro

Trailer

*A imagem ilustrativa deste post retirei do meu arquivo pessoal.
*As informações sobre o filme “King Kong” retirei do site https://pt.wikipedia.org/wiki/King_Kong_(2005) através de pesquisa na internet.
*O trailer oficial do filme “King Kong” retirei do site https://youtu.be/1TSidCNA7mQ através de pesquisa na internet.
*Este é um post do Desafio dos 200 Filmes! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.
Publicado em Desafio dos 200 Filmes | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Meu iPhone caiu… e a tela quebrou!!!

Tragédia! Meu iPhone caiu no chão. A suposta proteção da película de vidro… nem sinal.

Se não bastasse todas as intercorrências que já tive com meu iPhone (iPhone que travou na tela da maçã, o iPhone que mostra a tela preta com uma bateria vermelha no centro e o alerta sobre a “falha de SIM”, “nenhum cartão SIM instalado” ou “SIM inválido” no iPhone 4s, agora mais essa…

60769321_2313593328961932_6068868576855457792_n

O Frederico tem funcionado normalmente, a função touchscreen não foi comprometida, inclusive, fiquei utilizando o meu telefone quebrado por umas duas semanas (até observar um aumento na rachadura, sem falar nos farelos de vidro que encontrava por todos os lados), mas fica sempre aquela apreensão se terei algum problema após essa queda tão brusca que causou um dano grande na tela frontal do meu iPhone…

Infelizmente para quem sofre com este problema, não há suporte gratuito da Apple nem se o aparelho estiver na garantia. Afinal, ela não cobre “danos acidentais”. Porém, estas limitações não significam que a empresa não oferece uma solução. Pelo contrário. Este tipo de problema é tão comum que existe uma área dedicada a ele no site da empresa.

Mas para quem quer saber o que fiz para “resolver” esse problema o post a seguir será sobre isso (claro que não fui eu quem fez a troca do display e sim meu namorado nerd) mas pesquisei informações na internet e o que achei mais útil postarei abaixo…

Quebrou a tela do iPhone? Veja o que fazer para consertar

 

Quebrou a tela do seu iPhone? Não ache que você é o único sortudo, tem milhares de pessoas no mundo que estão na mesma situação que você, inclusive eu (vide foto acima). E motivado pela tela quebrada do meu iPhone 4S causada por consecutivas quedas, resolvi escrever um artigo para tranquilizar os leitores e usuários mostrando os caminhos a seguir quando isso acontece com seu iPhone, até mesmo o quase inquebrável iPhone 5s.

O conserto da tela quebrada, rachada, trincada do iPhone pode ser feito de 4 formas, diretamente em contato com a Apple, em uma assistência autorizada, em empresas terceirizadas não autorizadas pela Apple ou por você mesmo (sim, é possível). Para cada modelo de iPhone (3G, 3GS, 4, 4S, 5, 5c e 5s) existe uma solução mais viável.

Vamos começar esclarecendo as coisas. Primeiramente a quebra voluntária (acredite que tem gente que faz isso) ou involuntária da tela do iPhone (frontal e traseira no iPhone 4 e 4S) não é coberto pela garantia, pois é um dano que ela não pode garantir que não ocorra. Por tanto, se a tela do seu iPhone quebrou, uma coisa você tem que ter em mente, você terá que pagar para consertar. E nessa afirmativa entra outra grande questão, onde eu posso consertar pelo menor preço?

A resposta dessa pergunta vai variar com o modelo do iPhone e com a forma que você irá fazer isso (dentre as 4 citadas no início). Vejamos a forma ideal para o conserto, pela Apple Store.

#1 – Apple Store, a forma ideal, porém mais cara

contato-suporte-apple-chat

Essa forma é ideal para iPhones ainda dentro da garantia, pois se seu iPhone ainda estiver na garantia quando a tela quebrar, e você utilizar uma assistência não autorizara, a garantia será invalidada por troca de hardware do iPhone por um não original, pois somente a Apple e autorizadas tem acesso as peças originais de fábrica, por tanto, se seu iPhone estiver na garantia, leia somente os campos #1 e #2, se não você pode perder a garantia.

É muito comum iPhones recém comprados ou com um bom prazo de garantia, caírem e quebrarem a tela, tenho amigos que compraram o iPhone e no outro dia quebraram a tela do iPhone. Para esses casos, não tenha dúvida, Apple é o caminho a seguir.

Para conseguir o suporte da Apple, que é pago, basta você entrar nesse link e preencher todos os dados solicitados, durante o processo você poderá solicitar uma chamada telefônica, um bate papo, ou ver a assistência autorizada mais próxima de você. Caso você decida fazer tudo com a Apple, você tem uma comodidade, você pode enviar o iPhone via correios e receber via correios, caso perto de você não exista uma assistência.

Existe outra forma de manter o iPhone dentro da garantia, é levando-o diretamente a uma assistência autorizada, veja abaixo:

#2 – Assistência autorizada, encontre uma próxima de você

Essa é outra forma de consertar a tela quebrada do iPhone mas mantendo a garantia caso ela ainda estiver vigente. Mas é bom enfatizar que é apenas nas AUTORIZADAS pela Apple, aquelas que tem o certificado.

Ligar para Apple (#1) ou levar na Autorizada (#2) é apenas o primeiro passo, o segundo e mais complicado é pagar o conserto. A Apple tabelou os preços entre elas e as autorizadas à fim de evitar concorrência e equalizar tudo. O conserto é feito com a substituição completa do complexo vidro e LCD, o que eleva o custo, porém não chega perto da substituição  por um novo. Veja os valores:

tabela-de-preco-troca-tela-quebrada-iphone - Quebrou a tela do iPhone? Veja o que fazer para consertar
R$ 449 para o 3G, 3GS e 4; R$ 549 4S; R$ 749 5, 5c e 5s

Os preços são bem salgados, mas é o valor de fazer com peças originais em um ambiente profissional com técnicos gabaritados, e manter a garantia.

Por mais louco que possa ser, essa assistência só é fornecida se o iPhone for dos modelos homologados no Brasil, por tanto, os iPhones 5 da Verizon (A1429), iPhone 5c e 5s comprados nos EUA não podem fazer essa assistência.

#3 – Empresas terceirizadas não autorizadas, mais barato, rápido, mas…

Essa forma eu recomendo apenas para o iPhones mais antigos 3G até o 4S que já estão com fora do prazo da garantia, ou então dos iPhones mais novos para as pessoas que não se importam de perder a garantia (só os loucos).

Por mais que muitos digam que o LCD é inseparável da tela de vídeo, vários técnicos da áreas dizem que conseguem fazer a separação do painel de LCD do vidro, principalmente com os iPhones mais antigos (eu já troquei do meu ex3G), pois dessa forma precisará ser trocado apenas o vidro, que custa muito menos, barateando o serviço e as peças. Porém a técnica usada para trocar é apurada e é necessária experiência ou dedicação.

Geralmente toda cidade média ou grande tem técnicos ou empresas que sabem fazer o processo da troca e os preços que variam de 50 a 300 reais (ou mais) dependendo do modelo. É uma grande redução no preço, mas você tem que prestar atenção em algumas coisas:

  • Veja se as peças que ele utiliza é de qualidade. Existem muitas peças chinesas que são muito ruins e que prejudicam a experiência com o iPhone após a troca.
  • Veja a procedência. Pesquise clientes satisfeitos e insatisfeitos com o serviço.

Minha observação fica para que você tome muito cuidado com isso, é uma troca delicada em um aparelho de muito valor.

#4 – Troque você mesmo, barato e possível, mas não é fácil

Essa é a opção que estou adotando, pois meu iPhone 4S tem 4 anos e está bem acabado, não quero pagar muito pelo conserto, e como tenho um pouco de experiência com montagem de peças resolvi fazer sozinho.

Pessoalmente eu não indico esse caminho, pois ele é complicado e demanda bastante tempo, e como tempo é dinheiro, a opção #3 pode ter um melhor custo benefício, estou fazendo de teimoso e para poder contar como foi. Para não dar dicas erradas sobre esse processo de troca, estou preparando um tutorial completo com essas informações, pois por enquanto não tenho segurança para afirmar como faz e poder ensinar.

Em qualquer uma das opções você tem que fazer backup das suas informações.

Considerações Finais

A lei da gravidade é cruel com o iPhone, ou ele cai no chão e quebra a tela, ou ele cai na água e para de funcionar. Mas para ambos problemas, há solução, e por isso escrevo esse artigo a você, para te dar as soluções possível de consertar a tela do seu iPhone que quebrou, rachou ou trincou.

Então espero que realmente possa ter ajudado! Se você acha que um dia ela irá quebrar, então guarde esse artigo nos favoritos. Se esse artigo foi útil para você, compartilhe com seus amigos, essa é a forma de nos agradecer.

Quais os riscos de usar uma tela de celular trincada?

Igor Terres

O uso do iPhone exige certos cuidados para evitar danos físicos e problemas internos no aparelho. Afinal de contas, é muito desagradável uma tela de celular trincada, não é mesmo?

Mas não é só o fator estético que deve ser levado em consideração. Ao usar o aparelho com a tela comprometida, você põe em risco a saúde do seu celular — e a sua também! E o que parecia ser apenas uma simples trinca, acaba gerando transtornos maiores.

Quem depende do aparelho para trabalhar e se comunicar com a família não pode ficar a ver navios, especialmente em momentos de urgência. Por isso, cuidar bem do seu iPhone livra você de situações que podem ser resolvidas a um só toque.

Durante a leitura do post, você vai descobrir quais são os perigos de usar o celular com a tela trincada e o que fazer para evitar que ela quebre. Confira!

Riscos de usar o celular com a tela trincada

Não importa o tamanho do problema. Uma tela de celular danificada pode gerar riscos a você e ao aparelho. Saiba agora quais são eles!

Aumento da rachadura

O seu celular fica muito mais exposto após sofrer uma queda e a tela trincar. Com o tempo, a rachadura tende a aumentar, e o display acaba sendo afetado. Ainda que a trinca não seja muito grande ou profunda, ela pode se expandir e, em alguns casos, quebrar a tela em pedaços.

Risco de ferimentos

A tela trincada de um aparelho solta farelos de vidro, que atingem as mãos e os dedos ao toque e trazem o risco de pequenos cortes. Os ouvidos, os olhos e a boca também ficam expostos ao perigo. Para você não correr o risco, a troca da superfície é a alternativa mais recomendada.

Perda da funcionalidade

Você nota que o seu iPhone não é mais o mesmo após sofrer uma queda e a tela trincar. Especialmente se ele cair de quina, situação em que o estrago costuma ser maior.

Em determinados casos, a tela não sofre danos, mas o display que é colado nela pode facilmente quebrar e deixar de funcionar. O contrário também acontece. E o perigo de o aparelho perder a funcionalidade sempre será maior se a superfície for atingida.

É que o impacto da queda pode causar prejuízos a componentes internos do celular. Isso faz com que ele pare de realizar comandos simples, como enviar mensagens ou permitir a discagem de números. Com a função touchscreen comprometida, você não pode usar o seu iPhone.

Exposição ao ambiente

Da mesma forma, o seu celular fica bastante vulnerável ao ambiente externo, caso a tela esteja trincada. As chances de ele ser afetado pela umidade, por exemplo, aumentam. E a água pode provocar a corrosão das partes metálicas que o compõem.

A poeira e outros tipos de resíduos também encontram uma porta de entrada para o aparelho. Assim, o funcionamento do smartphone é prejudicado ou, pior ainda, ele pode deixar de funcionar completamente. Nessa situação, além de trocar a tela, você terá de solicitar a retirada da sujeira depositada no interior do iPhone.

Dicas para evitar que a tela do celular quebre

Para que o seu celular não deixe você na mão, é importante tomar alguns cuidados. E ainda que ele caia no chão, você pode recorrer a acessórios para protegê-lo e evitar que a tela quebre. Por isso, preste muita atenção nas dicas a seguir!

Use a película

Encontrada em diferentes materiais, a película é um acessório que não pode faltar, caso você queira manter protegido o seu aparelho. A que mais absorve o impacto de uma queda é a de vidro. Muitas vezes, ela quebra, mas a tela permanece intacta.

As películas de silicone também ajudam a proteger o celular e evitar os indesejados arranhões, mas não são tão eficientes quanto às de vidro nas situações em que o aparelho cai no chão.

Não abra mão da capa com proteção

Opções de capas para celular não faltam. E a gente sempre indica os modelos que cobrem a borda da tela. Assim, durante uma possível queda, ela não é atingida de imediato. Itens que protegem tanto a frente como a parte de trás do aparelho, como os do tipo carteira, também são recomendados.

Em relação ao material, saiba que o silicone neutraliza o choque — e, portanto, evita rachaduras — com mais eficiência. Por sua vez, as capas feitas em acrílico são mais rígidas e costumam ser utilizadas para evitar os arranhões. Há, ainda, acessórios confeccionados com mais de uma matéria-prima.

Tenha cuidado ao colocar o celular na bolsa

Ao guardar o seu iPhone dentro da bolsa, é fundamental se certificar de que chaves, lixas, canetas e até agulhas não venham atingir a tela e riscá-la. Afinal de contas, qualquer dano à superfície aumenta as chances de formação de trincas no caso de uma possível queda.

Outro conselho é nunca colocar o celular no bolso traseiro da calça. Além do risco de furtos, ele pode cair. Há o perigo, também, de você sentar sobre ele e danificar sua tela ou até mesmo comprometer a funcionalidade do equipamento.

Evite usar o aparelho quando estiver em movimento

Seja para falar ao telefone ou para enviar uma mensagem, não é recomendado usar o aparelho enquanto caminha ou realiza alguma outra tarefa. Muitos acidentes acontecem justamente nos momentos de distração. Logo, todo cuidado é pouco, se você deseja manter o seu celular novo e intacto.

Para finalizar, é importante lembrar que é preciso trocar a tela do celular todas as vezes em que estiver trincada — e isso independentemente do tamanho do dano. Afinal, a saúde do seu aparelho e a sua devem estar em primeiro lugar.

Você já sabe quais são os riscos de uma tela de celular trincada e o que precisa ser feito para evitar que isso ocorra. Agora, é só seguir as nossas recomendações para não passar apuros, combinado?

*A imagem o meu iPhone quebrado retirei do meu arquivo pessoal.

*A imagem ilustrativa deste post retirei do site http://blog.ihelpu.com.br/wp-content/uploads/2018/07/217858-quais-os-riscos-de-continuar-usando-uma-tela-de-celular-trincada através de pesquisa na internet.

*As informações “Quebrou a tela do iPhone? Veja o que fazer para consertar” retirei do site  através de pesquisa na internet.
*As informações “Quais os riscos de usar uma tela de celular trincada?” retirei do site http://blog.ihelpu.com.br/tela-de-celular-trincada/ através de pesquisa na internet.
Publicado em Computadores e Internet, Curiosidade, Rede Social | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

13 coisas que você não deve dizer à um bariatricado!

Com certeza, quem passou pela cirurgia bariátrica/gastroplastia/redução de estômago já ouviu algum desses comentários…

Agora, se você se importa, tira um tempinho e leia.

O psicólogo Douglas Amorim, que eliminou cerca de 65kg após realizar a cirurgia bypass fez um post no blog dele com uma excelente reflexão sobre o assunto e não pude deixar de compartilhar aqui no blog…

13 coisas que você não deve dizer à um bariatricado!

por Douglas Amorim

         Toda decisão vem carregada de opositores. Não se pode achar que irá contar com apoio e compreensão de todas as pessoas. E no caso da bariátrica em específico, os que decidem precisam lidar com a falta de informação e muitas vezes até com o medo dos seus entes queridos. Esses por medo não apoiam e por isso tendem a agir de forma rude em relação à qualquer coisa ligada a cirurgia, e isso, se estende ao pós cirurgia dando origem à muitas coisas desagradáveis de se ouvir.

         Então decidi fazer esse texto para dividir com vocês minha experiência de um bariatricado e também um psicólogo.

1)      “Nossa, você está com cara de doente”

        A cirurgia bariátrica é feita para corrigir uma doença. A recuperação total leva em média 2 anos. É óbvio que no processo o aspecto do cirurgiado ficará como a de um doente. Isso não é regra, claro. Mas, a grande maioria dos casos tem apontado que isso é verdade quando atinge o ponto máximo de emagrecimento. E acredite, o cirurgiado sabe disso, não há necessidade de dizer. Isso causa muito constrangimento e imagino que você não deseja que ele sinta isso, né?

2)      “Não vai parar de emagrecer?”

          O organismo funciona de forma adaptativa, leva tempo para se adaptar à uma nova rotina alimentar e fora que o paciente passa um longo período testando comidas. Alguns alimentos demoram à caírem bem, carnes por exemplo, e até lá o emagrecimento progressivo será ininterrupto. O que vai ajudar o seu amigo ou parente você dizendo isso?

3)      “Conheço uma pessoa que engordou tudo de novo.”

         E ele conhece outras tantas que fez e nunca mais engordou. Se o seu parente passou por um período de preparação, o que incluiu acompanhamento com nutricionista, psicólogo, médicos, nutrologo, endocrinologista, ele foi alertado sobre esse perigo. Você acha que você dizendo isso irá mudar o que?

4)      “Você nem era tão gordo(a)”

        Se o plano de saúde, os médicos, o manequim acima do 50, o IMC acima dos 35, concordaram que ele estava sim obeso, porque você acha que dizendo isso irá auxiliar em algo?

5)      “Conheço uma pessoa que foi fazer e morreu”

          Sim, e conhecemos um número muito maior de pessoas que morreram de infarto, parada cardiorrespiratória, de complicações a partir de doenças originadas por diabetes. Assim como conhecemos caso de pessoas que engasgou com uma azeitona e morreu, outros que sofreram hemorragia por arrancar um dente. Sério, gente. Compreendemos que você pode estar com medo em perder o seu ente querido, mas esses exemplos guarde para você.

6)      “Você tem uma vida normal?”

        Como assim vida “Normal?” Você acha que o obeso leva uma vida normal? Que comer toneladas é normal? Que sofrer dores e doenças advindas da obesidade é normal? Tudo é questão de adaptação e aceitação. Tenha respeito e paciência com o processo do cirurgiado.

7)      “Você era um(a) gordinho(a) bonita.”

         Essa é uma opinião. E dizer isso subtende-se que você está dizendo que ele(a) não está bonito agora. O que também é uma opinião e nesse sentido, você pode até ser considerado um magro feio, magro bonito, a pergunta que fica é: Quem é que precisa saber isso, ou dizer isso?

8)      “Se você se esforçasse  conseguiria emagrecer sem a cirurgia.”

           Acredite, um obeso passa por anos de luta. Tentam todo tipo de dieta. Emagrecem e engordam um zilhão de vezes e precisam administrar pensamentos de fracasso o tempo todo. Porque sempre tem alguém dizendo que basta se esforçar, que é apenas questão de foco. Se ele optou pela cirurgia é porque foi o meio que encontrou de resolver uma doença. Não era questão de se esforçar um pouquinho mais.

9)      “Você se arrepende?”

    Normalmente o arrependimento é de não ter feito antes. Mas, essa pergunta normalmente já vem carregada com o julgamento que você considera que ele tenha feito uma escolha errada. Porque ao invés dessa pergunta você apenas não pergunte o que melhorou na vida dele, e deixe ele falar o que acha sobre a cirurgia. Afinal, a experiência de ter sido obeso e ter optado pela cirurgia somente ele tem, você não. Então escute, aprenda algo e seja empático.

10)  “Vai comer tudo issoooooo? Vai engordar de novo, hein?!”

      Todo mundo passa por dias que está com mais apetite que outros dias. Com você não é assim? Porque uma pessoa que fez a cirurgia não pode ter dias que deseja simplesmente repetir? Ou comer um pouquinho a mais? Isso significa que ele está fadado à obesidade? Claro que não.

11)  “Você se mutilou”

       Essa é uma das coisas mais grosseiras que pode ser dito à alguém cirurgiado. O que você deseja causar dizendo algo assim? É apenas para fazer o outro se sentir mal? Espero que seja apenas uma desatenção e não algo planejado. Todavia, guarde esse pensamento pra você. E se fossemos pensar assim teríamos que incluir nessa ideia de mutilação pessoas que arrancam o siso, o útero, o vesícula, as amidalas, e tantas outras coisas.

          12)    “Sobrou muita pelanca? Deixa eu ver.”

                Gente, por gentileza. É sério isso? Isso realmente é uma questão sua? É muito constrangedor ser abordado desse jeito. Porque vocês fazem esse tipo de pergunta com  tanta naturalidade? Essa é uma questão íntima, e está ligada ao processo de compreensão emocional do processo de emagrecimento. A pessoa que fez a cirurgia está lidando com inúmeras questões e ser exposta à você, por você, não irá ajudar em nada. Tudo bem que você tenha curiosidade, mas isso não é problema de quem fez a cirurgia.

          13)   “Você virou escravo(a) de medicação, né?”

         Ué, há pessoas que tomam relaxantes musculares, que tomam remédios pra enxaqueca, que toma para TPM e cólicas. Há pessoas que tomam anti-depressivos, muitas vezes sem prescrição médica. O que é isso comparado com vitaminas?


        Quando decidimos pela cirurgia não temos muita ideia de quem irá apoiar ou se opor. Mas, mesmo aqueles que se opõem o que esperamos é compreensão. E que muitas vezes apenas vão até o onde o respeito mútuo permite. Algumas barreiras de bom senso precisam ser muitas vezes impostas, e por mais que tentemos ser equilibrados, muitas vezes precisamos colocar algumas pessoas no lugar delas. Isso sem se desgastar tanto, sem ficar com raiva ou triste. Apenas colocá-las no lugar delas que é o da total ignorância. Não sabem o que é ser obeso e ainda, não sabem nada sobre a cirurgia bariátrica. Se ama mesmo o seu ente querido e/ou amigo que fez a cirurgia, apenas seja empático, e se não conseguir, seja respeitoso. Pense antes de falar: o que isso vai ajuda-lo em seu processo?


Douglas Amorim é psicólogo, atende em Cuiabá crianças, adolescentes, adultos. Coordena um grupo terapêutico para pacientes no pré e no pós-operatório da cirurgia bariátrica. Há 3 anos realizou a cirurgia bypass e emagreceu 65kg.

Realiza atendimento online e publica diariamente frases e pensamentos no perfil do Instagram: www.instagram.com/umpsicologoemcuiaba
Agendamentos de consulta pelo WhatsApp 65 9293 9445

*A imagem ilustrativa e as informações acima retirei do blogspot http://psicologiabariatrica.blogspot.com.br/2016/06/13-coisas-que-voce-nao-deve-dizer-um.html através de pesquisa na internet.
Publicado em Citação, Gastroplastia | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Cancelamento do meu registro profissional de Assistente Social

Essa é a verdade em nosso País, nossos Estados e tbm em nossos Municípios!

Lutei para fazer uma faculdade, uma pós graduação/residência, como muitos outros fizeram.

Não medi esforços para chegar ao final… a correria do estágio, o desespero das apresentações de trabalho e provas… o TCC feito com muito emprenho… as dificuldades durante a pós graduação/residência multiprofissional em neonatologia… até trabalho voluntário me arrisquei a fazer…

Mas tenho certeza que o aprendizado foi excelente… cresci como pessoa e profissional! Além das amigas que o Serviço Social me trouxe e que levarei para a vida toda…

Então eu cheguei ao final de toda essa jornada na esperança de conseguir algo, mas infelizmente em nossos Municípios, Estados ou qualquer outra instituição não tem oportunidade para Novos Profissionais. A oportunidade é sempre para aqueles que tem apadrinhamento político (o famoso Q.I.) ou experiência.

Assim, eu fiquei a ver navios.

Então fica a pergunta: como alguém pode ter experiência se não tem oportunidades????

Esta é a nossa triste realidade, enquanto uns tem 2 ou 3 empregos na mesma função, outros…

Então, após ter o registro no Conselho de Classe ativo por mais de 7 anos, tomei a decisão de cancelá-lo, já que as oportunidades de emprego nunca aparecem, apesar de incansavelmente enviar currículos as instituições e me inscrever nos cadastros temporários da PJF (Prefeitura de Juiz de Fora).

Sem falar no valor abusivo pago de anuidade a um CRESS pouco atuante e ineficiente…

Sendo que o boleto da anuidade chega sem atraso, mas esse ano nem calendário nos recebemos… hahahaha

E com a decisão tomada parti em busca de informações sobre como proceder com o pedido de cancelamento do meu registro junto ao CRESS-MG e as informações que me auxiliaram posto abaixo na esperança de auxiliar outras (os) profissionais na mesma situação que eu…

Você-sabia-cancelamento-do-registro-profissional-de-assistente-social

Cancelamento do registro profissional de Assistente Social

A lista de documentos para cancelamento conforme Res. CFESS 582/2010 retirei do site do CRESS MG bem como o formulário de requerimento também disponível neste documento…

Após imprimir e preencher o requerimento, fiz a declaração de não exercício profissional escrita à mão em folha à parte, datada e assinada…

Declaro para fins de cancelamento de inscrição profissional, que não exerço qualquer atividade, função ou cargo que envolva o exercício profissional do Assistente Social.

Anexei também a Carteira de Identidade Profissional (original) e a Cédula de Identidade Profissional (original), já que as mesmas ficarão arquivadas na minha pasta no CRESS enquanto perdurar a situação de cancelamento, sendo devolvidos no ato da reinscrição.

Conferi também se estava com a anidade do ano anterior paga e dei continuidade ao meu pedido de cancelamento do registro.

Para isso precisei ir a Seccional Juiz de Fora para dar entrada entrada no pedido… e também para gerarem o pagamento da anuidade referentes aos meses de janeiro e fevereiro de 2018 e assim não pagarei o boleto da anuidade do ano vigente e sim o mínimo proporcional de anuidade…

Sinto-me totalmente frustrada com essa situação.

Confesso que perdi o encanto pelo Serviço Social!

Vida que segue… que novos caminhos se abram para mim a partir de agora…

*As informações deste post retirei do site do CRESS RJ http://www.cressrj.org.br/site/registro-profissional/como-e-quando-cancelar-o-registro/cancelamento/ através de pesquisa na internet.
*A imagem ilustrativa deste post retirei do site http://www.cresspe.org.br/assets/2019/01/Você-sabia-640×640 através de pesquisa na internet.
Publicado em Concurso, Curiosidade, Manifesto, Notícias e política | Deixe um comentário

Ordem na Casa com Marie Kondo – 1ª temporada (guia de episódios)

1ª temporada (2019)

Um casal com dois filhos encontra a paz ao aprender a reduzir os brinquedos ao essencial, manter a cozinha organizada e arrumar as roupas.

Marie ajuda um casal aposentado a recuperar espaço mostrando como diminuir o número de roupas, guardar a decoração de Natal e exibir antigas fotografias de família.

Marie ensina uma família que mora em um apartamento apertado a criar soluções de arrumação temporária e a usar melhor o espaço em armários difíceis de alcançar.

Uma viúva de luto vive um recomeço ao aprender a guardar as bolsas, organizar uma caixa de recordações e dizer adeus a coisas de que não precisa mais.

Dois escritores trabalham para reduzir o tamanho da biblioteca, avaliam objetos de valor sentimental e organizam aparelhos eletrônicos e cabos.

Marie ensina um casal com dois filhos e coisas demais a dobrar lenços, se livrar de brinquedos velhos e organizar a garagem.

Um casal grávido do primeiro bebê recebe dicas para arrumar sapatos, dobrar meias e organizar uma montanha de papéis acumulados.

Recém-casadas aprendem a organizar os objetos de seus animais de estimação e descobrem o mágico efeito de usar caixas para manter gavetas e armários arrumados.

*A imagem ilustrativa deste post retirei do site https://interprete.me/wp-content/uploads/2019/01/ordem-na-casa-com-marie-kondo-netflix-reality-organizacao-vida-nova-capa através de pesquisa na internet.
*As informações sobre os episódios de “Ordem na Casa com Marie Kondo” retirei do site https://www.netflix.com/br/title/80209379 através de pesquisa na internet.
Publicado em Ordem na Casa com Marie Kondo, Seriados | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Deficiência de cromo

Com toda investigação para entender a alteração do PTH no meu organismo procurei outra endocrinologista (professora da UFJF e tbm médica que acompanha minha mãe e irmã) e tbm retornei a hemato que solicitou exames de sangue para acompanhar minha baixa de imunidade e entre os exames ela solicitou exame para verificar o nível de cromo no meu sangue e após o exame verificamos um índice abaixo do esperado, (apesar de eu não estar apresentando nenhum sintoma clínico ou físico, já que sou louca por doces antes mesmo dessa alteração e sofro de “fadiga crônica”, se é que esse diagnóstico existe, sem falar nos problemas com meu sono, ou estou sonolenta ou com insônia)…

Claro que a deficiência desse mineral, tem relação com a cirurgia bariátrica já que a mesma interferem na absorção orgânica de vários micronutrientes (entre eles vitaminas e sais minerais)…

Pode haver uma relação com a fase bem estressante que tenho vivido nos últimos meses em minha família já que estamos enfrentando um caso muito grave de doença com um primo o que aumenta em muito a minha ansiedade e altera ainda mais meu humor.

Irei fazer uma reposição com picolinato de cromo e retornarei ao consultório com novos exames de sangue em setembro…

Por enquanto sigo fazendo a reposição medicamentosa e não pude deixar de pesquisa a respeito no Dr. Google… as informações mais pertinentes postarei abaixo.

Falta de Cromo

Causa, fontes, sintomas e dicas

O Cromo, também conhecido como crômio, é um mineral essencial para a funcionalidade do corpo humano; um exemplo em que ele é fundamental é na digestão.

Esse mineral não é produzido pelo corpo, por isso é necessário manter uma dieta equilibrada com a ingestão correta do mesmo.

Além disso, ele tem inúmeros benefícios para a saúde. Para começar, o cromo pode auxiliar na redução da gordura corporal, principalmente no abdômen. Isso acontece pois ele ajuda a diminuir a vontade exagerada por doces e ainda controla o apetite.

Porém, a falta de cromo pode levar a alguns problemas. O principal deles é a perda de eficiência de insulina, quando a pessoa passa a absorver açúcar mais rápido, levando à diminuição de saciedade e consequentemente ao aumento de peso, podendo gerar outras doenças.

Levedura de cerveja

Veja abaixo algum dos sintomas e doenças causadas pela carência de cromo:

Sintomas

A falta de cromo na dieta pode levar a alguns sintomas, como:

  • Aumento de ansiedade;
  • Aumento do risco de doença cardíaca;
  • Coração acelerado;
  • Danos cerebrais;
  • Diabetes tipo 2 (geralmente em pessoas mais velhas);
  • Diminuição dos níveis de energia (se durar mais que 3 ou 4 dias procure um médico);
  • Dormência e formigamento;
  • Mudança de humor;
  • Perda de peso;
  • Pressão arterial elevada;
  • Resistência à insulina;
  • Risco de glaucoma;
  • Sensações de queimaduras nos pés e nas mãos;
  • Tontura.

Em crianças e adolescentes, a deficiência de cromo pode ter outros sinais, como fraqueza muscular, ansiedade, fadiga e principalmente crescimento retardado. Além disso, foi observado que crianças que comem grandes quantidades de açúcar e outros alimentos processados podem ter o ritmo de crescimento mais lento se comparados àqueles que ingerem a quantidade ideal diária do mineral por dia.

Benefícios do Cromo na dieta

Além de ajudar na digestão, ele é essencial para outras funções, como:

  • Ajuda na movimentação da glicose no sangue na corrente sanguínea para dentro das células, para ser utilizado como energia;
  • Apesar de serem realizadas mais pesquisas sobre isso, acredita-se que por ele auxiliar na movimentação da glicose, ele pode ajudar pessoas com diabetes tipo 2, controlando o açúcar no sangue;
  • Outro fato ainda não comprovado, mas levado em consideração, é que o cromo pode ser útil na construção muscular e queima de gordura;
  • O mineral pode auxiliar no retardamento da perda de cálcio, sendo necessário para ajudar na prevenção da perda óssea, principalmente em mulheres na menopausa.

Causas da deficiência de cromo

A falta de cromo na dieta geralmente ocorre devido à carência do mineral no solo, no abastecimento de água e na refinação de certos alimentos que podem ser removidos nesse procedimento. Por conta disso, pessoas que comem alimentos refinados em grande quantidade também têm mais risco de não conseguir o mineral suficientemente.

Pessoas mais velhas e crianças com má nutrição têm mais chances de desenvolver a carência de cromo. Atletas também, pois estes podem perder o mineral em excesso através do exercício.

Por outro lado, quando tomado em excesso, ele pode causar problemas de estômago e levar a baixos níveis de açúcar no sangue (hipoglicemia). Além disso, ele pode danificar o fígado, rins, nervos e causar ritmo cardíaco irregular. Vale lembrar que o cromo presente em alimentos não faz mal, somente em suplementos, e mesmo assim os efeitos são raros.

Fontes de cromo

Esse mineral está presente em muitos alimentos naturais. Veja abaixo alguns deles:

  • Arroz integral;
  • Batatas (principalmente na casca);
  • Carnes;
  • Cebola crua;
  • Cereais;
  • Cogumelos;
  • Especiarias;
  • Feijão;
  • Frutas: banana, maça, laranjas e uvas;
  • Gemas de ovo;
  • Grãos;
  • Ostras;
  • Pães;
  • Pimentão verde;
  • Queijos;
  • Vegetais: alface, espinafre, tomates maduros.

A levedura de cerveja é um dos alimentos considerados mais ricos em cromo, mas muitos acham sua digestão difícil e sentem dor abdominal, náuseas e inchaços.

Outra forma de encontrar o cromo é em suplementos multivitamínicos. No entanto, como o organismo não necessita muito desse mineral, é possível somente seguir uma dieta regular sem a ajuda de suplementos.

Como repor o cromo

A reposição para aqueles que forem com a falta de cromo pode ser feita de acordo com uma dieta equilibrada, mas, caso você esteja sentindo um dos sintomas citados anteriormente, procure um médico para ver qual a melhor opção para seu caso.

Veja abaixo a quantidade ideal de cromo diária para cada pessoa:

idade e estilo de vida quantidade diária recomendada do mineral
0 a 6 meses 0.2 microgramas
7 a 12 meses 5.5 microgramas
1 a 3 anos 11 microgramas
4 a 8 anos 15 microgramas
Meninas entre 9 a 13 anos 21 microgramas
meninos entre 9 a 13 anos 25 microgramas
mulheres entre 14 a 18 anos 24 microgramas
Homens entre 14 a 18 anos 35 microgramas
Mulheres entre 19 a 50 anos 25 microgramas
Homens entre 19 a 50 anos 35 microgramas
mulheres com mais de 50 anos 20 microgramas
homens com mais de 50 anos 30 microgramas
mulheres grávidas entre 14 a 18 anos 29 microgramas
mulheres grávidas entre 19 a 50 anos 30 microgramas
mulheres que estão amamentando entre 14 a 18 anos 44 microgramas
mulheres que estão amamentando entre 19 e 50 anos 45 microgramas

A quantidade vista na tabela acima é a mínima por dia para ficar longe da deficiência de cromo. Porém, na reposição dele, a quantidade pode variar, sendo necessário a consulta com um médico.

Dicas

Antes de sofrer com a falta de cromo, previna-o. Para evitar a carência de cromo é necessário manter uma boa ingestão do mineral e seguir algumas dicas, como:

  • Acrescente mais alimentos integrais à sua dieta;
  • Avalie a opção de tomar suplementos multivitamínicos que contêm cromo;
  • Evite açúcar, farinha branca, e outros produtos refinados.

Vale lembrar que se você usa suplemento vitamínico ou se pensa em usar, fale com seu médico. Além disso, suplementos vitamínicos de cromo são geralmente utilizados por mulheres grávidas ou que amamentam. Geralmente, somente com uma dieta regular é possível ingerir a quantidade necessária do cromo por dia.

*A imagem ilustrativa deste post retirei do site https://www.saudedia.com.br/wp-content/uploads/2018/02/cromo-e1519272245826 através de pesquisa na internet.
*As informações acima retirei do site https://www.mundoboaforma.com.br/falta-de-cromo-sintomas-causa-fontes-e-dicas/ através de pesquisa na internet.
*A imagem ilustrativa deste post retirei do site https://www.mundoboaforma.com.br/wp-content/uploads/2016/03/levedura-cerveja através de pesquisa na internet.
Publicado em Gastroplastia, Saúde e Bem-Estar | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Desafio dos 200 Filmes | Um filme sobre o holocausto

Um filme sobre o holocausto

A Vida É Bela (La vita è bella) é um filme italiano de 1997, do gênero comédia dramática, dirigido e protagonizado por Roberto Benigni.

O filme foi produzido pelo estúdio Melampo Cinematografica, com música de Nicola Piovani, a direção de fotografia de Torino Delli Colli; o desenho de produção, direção de arte e o figurino de Danilo Donati; e a edição de Simona Paggi. No filme pode-se ouvir também a música “Les contes d’Hoffmann”.

O filme foi vencedor de três prêmios Oscar: melhor filme estrangeiro, melhor ator e melhor trilha sonora.

Sinopse

Na Itália, durante a Segunda Guerra Mundial, o judeu Guido é capturado e mandado para um campo de concentração em Berlim, juntamente com seu filho, o pequeno Giosué. Usando sua inteligência, espirituosidade e bom humor, ele faz com que o filho acredite que ambos estão participando de um jogo do qual devem sair campeões.

Elenco

  • Roberto Benigni… Guido Orefice
  • Nicoletta Braschi… Dora
  • Giorgio Cantarini… Giosuè Orefice
  • Giustino Durano… tio de Guido
  • Sergio Bini Bustric… Ferruccio Papini
  • Marisa Paredes… mãe de Dora
  • Horst Buchholz… Dr. Lessing
  • Amerigo Fontani… Rodolfo
  • Pietro De Silva… Bartolomeo
  • Francesco Guzzo

Recepção

La vita è bella teve aclamação por parte da crítica profissional e audiência. Com classificação de 80% em base de 86 críticas, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: “Encanto sincero de Benigni, quando não ultrapassando seus limites doces desnecessariamente, oferece a possibilidade de esperança em face do horror inabalável”. Por parte da audiência a pontuação é de 97%.

Trilha sonora

La vita è bella é a trilha sonora do premiado filme homônimo, lançada em 1998. A trilha instrumental foi inteiramente composta pelo músico italiano Nicola Piovani. Ganhou o Academy Award na categoria “Melhor Trilha Sonora” e foi indicado ao Grammy Awards, porém, perdeu para a trilha do filme A Bug’s Life. Em edições lançadas posteriormente, foi incluída a canção “Beautiful That Way”, interpretada pela cantora israelense Noa.

Faixas

N.º Título Compositor(es) Duração
1. “Buon Giorno, Principessa” Nicola Piovani 3:33
2. “La Vita è Bella” Nicola Piovani 2:50
3. “Viva Giosué” Nicola Piovani 1:23
4. “Grand Hotel Valse” Nicola Piovani 2:01
5. “La Notte di Favola” Nicola Piovani 2:36
6. “La Notte di Fuga” Nicola Piovani 3:53
7. “La Uova Nel Capello” Nicola Piovani 2:23
8. “Grand Hotel Fox” Nicola Piovani 1:58
9. “Il Treno Nel Buio” Nicola Piovani 2:23
10. “Arriva Il Carro Armato” Nicola Piovani 1:08
11. “Valse Larmoyante” Nicola Piovani 2:07
12. “Krautentang” Nicola Piovani 2:50
13. “Il Gioco di Giosué” Nicola Piovani 1:49
14. “Barcarolle” Nicola Piovani 3:56
15. “Guido e Ferrucio” Nicola Piovani 2:30
16. “Abbiamo Vinto” Nicola Piovani 3:03

Principais prêmios e indicações

Oscar 1999 (EUA)

Ano Categoria Resultado
1999 Melhor filme Indicado
Melhor diretor (Roberto Benigni) Indicado
Melhor ator (Roberto Benigni) Venceu
Melhor roteiro original Indicado
Melhor filme estrangeiro Venceu
Melhor trilha sonora original Venceu
Melhor edição Indicado

Festival de Cannes 1998 (França)

  • Recebeu o Grande Prêmio do Júri.
  • Indicado à Palma de Ouro.

Prêmio César 1999 (França)

  • Recebeu o prêmio de melhor filme estrangeiro.

Prêmio Goya (Espanha)

  • Venceu na categoria de melhor filme europeu.

Prêmio Grammy (EUA)

  • Indicado na categoria de melhor composição instrumental escrita para o cinema.

Academia Japonesa de Cinema 2000 (Japão)

  • Indicado na categoria de melhor filme estrangeiro.

BAFTA 1999 (Reino Unido)

  • Venceu na categoria de melhor atuação de um ator protagonista (Roberto Benigni).
  • Indicado nas categorias de melhor filme em língua não inglesa e melhor roteiro original.

Prêmio David di Donatello 1998 (Itália)

  • Venceu nas categorias de melhor ator (Roberto Benigni), melhor fotografia, melhor figurino, melhor diretor, melhor filme, melhor produção, melhor cenografia e melhor roteiro.
  • Indicado na categoria de melhor música.

Curiosidades

A Vida é Bela concorreu com o filme brasileiro Central do Brasil no prêmio de melhor filme estrangeiro do Óscar 1999 (ocasião em que ganhou). Já no BAFTA (importante prêmio do cinema mundial, conhecido como o “óscar britânico”) do mesmo ano o filme brasileiro venceu o filme italiano. Em Central do Brasil, também um menino foi coprotagonista (o ator Vinícius de Oliveira), cujo personagem no filme também se chama Josué.

Trailer

*A imagem ilustrativa deste post retirei do meu arquivo pessoal.
*As informações sobre o filme “A Vida é Bela” retirei do site https://pt.wikipedia.org/wiki/A_Vida_%C3%89_Bela através de pesquisa na internet.
*As informações sobre a trilha sonora do filme “A Vida é Bela” retirei do site https://pt.wikipedia.org/wiki/La_vita_%C3%A8_bella_(%C3%A1lbum) através de pesquisa na internet.
*O trailer do filme “A Vida é Bela” retirei do site https://youtu.be/iimUiHXmvIg através de pesquisa na internet.
*Este é um post do Desafio dos 200 Filmes! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.
Publicado em Desafio dos 200 Filmes | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ordem na Casa com Marie Kondo

Quem me acompanha aqui no blog ou nas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter) sabe que sou aficionada por série de decoração/reforma e afins (já postei sobre outros seriados do gênero que assisti como As Casas Mais Extraordinárias do Mundo e Incríveis por Dentro) e quando soube que a Netflix lançaria uma série sobre o método criado por Marie Kondo, não pude deixar de pesquisar a respeito, muito menos de assistir…

Ordem na Casa com Marie Kondo estreou na Netflix, nos primeiros dias de 2019, e já virou assunto nas redes sociais… a série tem uma vibe levinha!

As informações que achei a respeito postarei abaixo e no post da semana que vem postarei o guia de episódios da primeira temporada da série onde Marie Kondo demonstra o inovador método KonMari de seu best-seller “A Mágica da Arrumação”.

Marie Kondo estreia série na Netflix

A personal organizer comandará a organização de quatro casas em oito episódios

Em sua nova empreitada, Marie Kondo estreia uma série de oito episódios na Netflix onde orienta as pessoas que estão dispostas a enfrentar a desordem que afeta suas casas. Intitulada “Ordem na Casa”, a série acompanha uma família que saiu de uma casa de quatro quartos para morar em um apartamento; uma mulher recentemente viúva lutando para se livrar dos pertences de seu falecido marido; um jovem casal que está pronto para deixar seu estilo de vida universitário para trás; bem como futuros pais que percebem que é hora de abrir caminho para a sua futura família. A estreia mundial da série acontece dia 01/01/2019. Confira abaixo o trailer da série, em inglês.

*A imagem ilustrativa deste post, as informações acima e o trailer da serie retirei do site https://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Dicas/noticia/2018/12/marie-kondo-estreia-serie-na-netflix-em-janeiro.html através de pesquisa na internet.
Publicado em Ordem na Casa com Marie Kondo, Seriados | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tireoidite

Como contei no post da semana passada, no final de 2018 no meu check-up anual foi observada uma alteração no meu exame de sangue com um valor elevado de PTH e por isso o endocrinologista achou prudente solicitar ultrassom da região cervical e da tireoide, que não observou alteração nas glândulas mas sim um aspecto compatível com tireoidite

Refiz também os exames de sangue e na primeira coleta após o diagnóstico inicial observou-se uma diminuição no valor do PTH…

Já no exame que fiz de manutenção para a hematologista e para a reumato o valor havia subido novamente, mas não me preocupei pois as médicas já haviam me alertado sobre essa possível desregulagem no hormônio.

 

Agora irei fazer acompanhamento semestral com a endocrino uma vez que não apresento outros sintomas e os demais exames laboratorial e de imagem não detectaram alterações…

Mas independentemente pesquisei a respeito do tema no Dr. Google e as informações mais pertinentes postarei abaixo.

O que é Tireoidite e quais são os principais tipos

Tireoidite

Causas, sintomas e tratamento

Tireoidite é a inflamação da tireoide, que pode acontecer por diversas causas como alterações da imunidade, infecções ou uso de remédios, por isso, ela é dividida em diferentes tipos como a tireoidite de Hashimoto, tireoidite linfocítica, tireoidite de Quervain ou tireoidite fibrosa, por exemplo.

Uma tireoidite pode ocorrer de forma aguda, com rápida evolução, ou pode acontecer de forma mais gradual, como na tireoidite subaguda ou crônica. Alguns dos sintomas que podem indicar esta inflamação incluem dor na região do pescoço, dificuldade para engolir, febre e calafrios, sempre variando de acordo com o tipo, além de poder provocar consequências como o hipotireoidismo ou hipertireoidismo.

Em muitos casos, a tireoidite tem cura, entretanto, o tratamento e a evolução de cada caso varia conforme o tipo de tireoidite e a reação do organismo de cada pessoa. Para identificar de forma correta uma tireoidite e o que fazer para tratar, é necessário consultar-se com o médico endocrinologista, entretanto, falaremos aqui um pouco sobre cada um dos principais tipos:

1. Tireoidite de Hashimoto (Tireoidite crônica)

A tireoidite de Hashimoto é o tipo mais comum de tireoidite crônica, que é mais frequente em mulheres dos 30 aos 50 anos, apesar de poder surgir em qualquer fase da vida. Ela é uma doença autoimune, na qual o corpo produz anticorpos que acabam por atacar as células da tireoide, provocando inflamação e alteração na sua função.

  • Sintomas: o principal sintoma é o surgimento de bócio, que é o aumento da tireoide, não sendo comum provocar dor. Também podem haver sintomas de hipotireoidismo, como cansaço, sonolência, pele seca e falta de concentração, por exemplo, no entanto, também pode alternar com períodos de hipertireoidismo, com sintomas como palpitações, insônia e emagrecimento;
  • Tratamento: geralmente é feito com a reposição dos hormônios tireoideanos, com uso de Levotiroxina, no entanto, a sua indicação depende dos valores da função tireoidiana, refletida nos exames de sangue de TSH e T4 livre.

2. Tireoidite de Quervain (Tireoidite subaguda)

Apesar de suas causas exatas não serem esclarecidas, sabe-se esta tireoidite pode ser provocada por infecções por vírus, como o da caxumba, influenza, adenovírus, ecovírus ou Coxsackie, por exemplo, sendo mais comum em mulheres dos 30 aos 50 anos. Esta doença provoca uma intensa inflamação na tireoide e a destruição de suas células.

  • Sintomas: dor na região da tireoide, que pode irradiar para o maxilar ou orelhas. A glândula pode estar um pouco aumentada, provocando dor de garganta e dificuldade para engolir. Também podem haver sintomas de infecção das vias respiratórias, como tosse e produção de secreção. Como a lesão da tireoide pode provocar a liberação de hormônios tireoidianos na circulação, pode haver sintomas de hipertireoidismo e, numa fase mais posterior, hipotireoidismo;
  • Tratamento: é feito com medicamentos para aliviar os sintomas, principalmente com anti-inflamatórios, como Ibuprofeno ou Nimesulida, por exemplo. Em casos de sintomas intensos ou persistentes, é indicado o uso de corticóides, como Prednisona.

Para confirmar este tipo de tireoidite, o médico poderá solicitar exames como VHS, que identifica a presença de inflamação, além do exame de captação do iodo radioativo, que avalia a função da tireoide. Se ainda existirem dúvidas, o médico poderá realizar um punção da tireoide, que poderá afastar outras causas, como um cisto ou um câncer por exemplo.

3. Tireoidite Linfocítica (Tireoidite silenciosa)

A tireoidite linfocítica, também conhecida como silenciosa ou indolor, também é provocada devido à autoimunidade, em que anticorpos produzidos no organismo atacam tireoide, sendo mais comum em mulheres dos 30 aos 60 anos.

  • Sintomas: não costuma provocar dor ou sensibilidade na tireoide, entretanto, provoca a liberação de hormônios tireoidianos para a corrente sanguínea, o que pode provocar um período com sintomas de hipertireoidismo, que costuma se recuperar em algumas semanas a meses. Em alguns casos, pode haver também um breve período de hipotireoidismo;
  • Tratamento: não tem um tratamento específico, sendo indicado o controle dos sintomas de hipertireoidismo, e pode ser necessário o uso de medicamentos como Propranolol para controle dos batimentos cardíacos no hipertireoidismo ou a reposição de hormônios na fase de hipotireoidismo, por exemplo.

Quando este tipo de tireoidite afeta mulheres até 1 ano após a gestação, ela é chamada de Tireoidite pós-parto, que provoca sintomas e tratamento semelhantes.

4. Tireoidite de Riedel (Tireoidite fibrosa)

É outra causa de tireoidite crônica, entretanto, muito mais rara, que provoca lesões e fibrose na tireoide de forma lenta e gradual, que podem levar ao hipotireoidismo.

  • Sintomas: provoca aumento da tireoide, de forma indolor, mas que pode provocar sensação de peso no pescoço, dificuldade para engolir, rouquidão, sensação de sufocamento e falta de ar;
  • Tratamento: é feito com medicamentos para reduzir a atividade inflamatória, como corticoide, Tamoxifeno ou Metotrexato, por exemplo. Também podem ser indicada a reposição de hormônios tireoidianos, quando a função da tireoide estiver prejudicada.

O diagnóstico da tireoidite de Riedel é feito com a punção e aspiração da tireoide, que irá evidenciar as lesões.

5. Outras tireoidites

Outras causas menos comuns de tireoidite incluem as causadas por intoxicação a certos medicamentos, como quimioterápicos ou Amiodarona por exemplo. Já a tireoidite actínica é provocada por tratamentos com radiação na região do pescoço, que pode provocar inflamação ou inibição da função das células da tireoide.

Também existem as tireoidites provocadas por infecções por bactérias como Estafilococos e Estreptococos, ou por fungos, como Aspergillus ou Candida, por exemplo, ou até mesmo por alguns parasitas e micobactérias.

*A imagem ilustrativa e informações deste post retirei do site https://www.tuasaude.com/tireoidite/ através de pesquisa na internet.
Publicado em Gastroplastia, Saúde e Bem-Estar | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário