Outubro Rosa

No finalzinho de setembro recebi um inbox da Carol Meyer responsável pelo site Dicas da Carol solicitando meu email pessoal dizendo que precisava me mandar um release… apesar de não falar mt a respeito do que se tratava eu fiquei curiosa e encaminhei o endereço a ela e me surpreendi com o material informativo e as imagens enviadas (e louca para participar do projeto, caso ele se estenda a “pessoas comuns”)…

Confesso que fiquei tocada pela campanha proposta e não pude deixar de postar aqui no blog a instalação do fotografo Márcio Rodrigues dentro do Minas Trend.

O projeto é uma iniciativa do Deputado Antônio Jorge, membro da comissão de saúde da ALMG com o intuito de alertar as mulheres sobre a importância da prevenção ao câncer de mama.

Como outubro é o mês dedicado a prevenção do câncer de mama nada melhor que aproveitar essa época do ano para fazer exames ginecológicos e mamografias, pois o câncer de mama quando descoberto em fase inicial tem 90% de chance de cura….

“Se você quer vestir a roupa que ela veste, porque não fazer o exame que ela faz?”

Instalação do fotógrafo Márcio Rodrigues no Minas Trend 2017 com o objetivo de alertar e fazer uma provocação às mulheres sobre a importância da mamografia para aumentar as chances de cura do câncer de mama.

“Se você quer usar o shampoo que ela usa, porque não fazer o exame que ela faz?”…

“Se você quer vestir a roupa que ela veste, porque não fazer o exame que ela faz?”…

Essa é a provocação da instalação “Minhas Amigas do Peito”, criada pelo fotógrafo Márcio Rodrigues em homenagem ao Outubro Rosa e que poderá ser vista no Minas Trend 2017. A instalação é formada por fotografias de modelos famosas, que posavam para o fotógrafo sempre que terminavam o trabalho do dia. Enquanto esperava o táxi que iria levá-la ao aeroporto, Márcio montava uma luz e fazia um retrato para postar no Instagram. Com o tempo, todas que chegavam para o job do dia, passaram a pedir para serem fotografadas para o “After Job”, nome do projeto que originou a instalação.

Inspirado no trabalho do também fotógrafo Bob Wolfenson, que na década de oitenta tinha um projeto chamado “Amigas do Peito”, Márcio começou a fotografar as modelos de seios de fora como contribuição à campanha Outubro Rosa, de Prevenção ao Câncer de Mama. Há dois anos passou a postá-las no Instagram, com uma tarja rosa cobrindo os mamilos e um texto de alerta sobre a importância da mamografia para o sucesso na cura dessa doença, que acomete mulheres de todo o mundo.

Com esse projeto, Márcio pretende chamar a atenção para o fato das mulheres serem “modelos” de tantos produtos. “Se há tantas pessoas que se espelham nelas para o consumo de bens, por que não se espelhar nelas e passar a fazer a mamografia na faixa etária adequada? questiona ele. O grande mérito das imagens é retratar a confiança das modelos, todas importantes no mercado de moda brasileiro e internacional, que se expuseram confiantes em participar de um projeto social e de promoção da saúde. Muitas delas nunca haviam posado de seios à mostra.

E foi motivado pela preocupação do fotógrafo em divulgar a importância da mamografia para a identificação precoce do câncer de mama que o ex-secretário estadual de Saúde, Antônio Jorge, que na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) é um dos membros da Comissão de Saúde, fez um apelo à organização do Minas Trend para que a instalação fizesse parte da programação oficial do evento, no que foi prontamente atendido. Junto a ela, cartilhas explicativas serão distribuídas durante o credenciamento dos participantes para que a informação correta, aliada à ação, consiga fazer com que as mulheres cuidem ainda mais da própria saúde. Prevenção nunca sai de moda!

E você, já fez a sua mamografia?

*As imagens ilustrativas e o release que serviram de base para este post recebi por email.
*A postagem “Se você quer vestir a roupa que ela veste, porque não fazer o exame que ela faz?” de Carol Meyer vocês podem ler no site http://www.dicasdacarol.com.br/se-voce-quer-vestir-a-roupa-que-ela-veste-porque-nao-fazer-o-exame-que-ela-faz/ através de pesquisa na internet.
Anúncios
Publicado em Beleza, Citação, Datas Comemorativas, Fotografia, Homenagem, Manifesto, Mensagem que fala ao coração, Moda, Saúde e bem-estar | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cistos

Não sei dizer desde quando tenho apresentado alterações de cisto no ovário, mas sei que desde que tive o atraso menstrual no início do ano e fiz ultrassom em março que o laudo apresentou um cisto simples medindo 3,0 x 3,3 cm e com a permanência do atraso menstrual em agosto/setembro e novos exames, o cisto persiste (no ultrassom de agosto, medindo 3,0 cm e no ultrassom de setembro, medindo 5,2 x 3,7 cm, agora com aumento do tamanho)…

Mas como inicialmente estávamos investigando a suspeita da Falência Ovariana Precoce nada se foi dito do cisto no ovário, mas na minha busca por respostas e as opções de diagnósticos para o meu caso, optei por seguir a linha de tratamento da Dra. Fernanda e inicialmente iremos tratar o cisto no ovário (com medicação por três meses) e só depois, caso a amenorreia persista é que iremos investigar possíveis causas no útero, como as aderências, sugeridas pelo outro médico que consultei…

Então, como irei começar a medicação, resolvi pesquisar sobre o tema na internet e as informações que achei mais interessantes postarei abaixo…

 

Cisto no Ovário

Principais sintomas e tratamentos

cisto no ovário afeta as mulheres em grande escala e precisa de atenção redobrada. Por isso eu quero chamar atenção para esse problema de saúde que não pode ser neglicenciado.

Geralmente, o cisto no ovário é benigno e desaparece passado alguns meses sem necessitar de tratamento. Ter um cisto no ovário, geralmente, não é grave porque é uma situação comum que acontece em muitas mulheres entre os 15 e os 35 anos de idade, podendo surgir várias vezes ao longo da vida.

No entanto, caso apresente sintomas, pode ser preciso realizar tratamento médico.

Neste artigo, vou explicar o que é um cisto de ovário, quais são suas principais causas, sintomas e as opções de tratamento.

Não deixe de ler e compartilhar.

O que é Cisto no Ovário?

Ele também é conhecido como cisto ovariano; é uma bolsa que se forma dentro ou ao redor do ovário, cheia de líquido, que pode provocar: dor na região pélvica, atraso na menstruação ou até mesmo dificuldade para engravidar.

O cisto é uma lesão que pode surgir em várias partes do nosso organismo. Ele é basicamente uma bolha envolta por uma fina membrana, que contém ar ou substâncias líquidas (ou semilíquidas) em seu interior.

Normalmente, o cisto é uma lesão benigna. Ele é apenas um acúmulo de líquido em determinado tecido. Porém, em raros casos, tumores malignos podem ter aspecto semelhantes aos de um cisto. Por isso, uma avaliação cuidadosa da lesão é sempre importante.

O cisto de ovário é, portanto, uma bolsa ou saco com líquido em seu interior, que se forma no próprio ovário ou ao redor do mesmo.

Existem vários tipos de cisto no ovário, os mais comuns são os chamados cistos funcionais, que se formam durante o processo de ovulação.

Tipos de Cistos no Ovário

Como já foi mencionado, existem vários tipos de cistos no ovário. Os principais deles incluem:

  • Cisto folicular: forma-se quando não há ovulação ou quando o óvulo não sai do ovário durante o período fértil. Geralmente, não apresenta sintomas e não necessita de tratamento;
  • Cisto de corpo lúteo: pode surgir após a liberação do óvulo e, normalmente, desaparece sem tratamento;
  • Cisto hemorrágico: acontece quando há sangramento na parede do cisto para o seu interior, podendo causar dor pélvica;
  • Cisto dermoide: também chamado de teratoma cístico maduro, que em alguns casos necessita de tratamento através da laparoscopia;
  • Endometrioma ovariano: surge em casos de endometriose nos ovários e precisa ser tratado com remédios ou cirurgia;
  • Cistoadenoma: cisto ovariano benigno, que deve ser retirado através de laparoscopia.

O tipo de cisto no ovário pode ser avaliado pelo seu ginecologista através de exames como ultrassom, laparoscopia ou exames de sangue.

Causas do Cisto no Ovário

Cistos ovarianos são mais comuns da puberdade à menopausa. As ocorrências são menos frequente após a menopausa, mas mais perigosas.

Uma das causas mais comuns dos cistos no ovário são algumas falhas no processo de ovulação e mudanças hormonais.

Os medicamentos para fertilidade pode causar o aparecimento de múltiplos cistos nos ovários.

Sintomas de Cisto no Ovário

cisto-de-ovario-001
Normalmente, o Cisto no Ovário não provoca sintomas

Em geral, o aparecimento de cistos nos ovários não provoca sintomas e não precisa de tratamento específico, pois normalmente desaparecem espontaneamente.

No entanto, quando o cisto cresce muito, se rompe ou quando ele fica torcido no ovário, pode surgir sintomas como dor no abdômen e menstruação irregular, que podem piorar durante a ovulação, o contato íntimo ou devido aos movimentos intestinais.

Outros sintomas dos cistos ovarianos são:

  • Dor no abdômen ou região pélvica;
  • Inchaço no abdômen;
  • Sensação de pressão no abdômen;
  • Menstruação irregular;
  • Aumento de peso;
  • Cansaço;
  • Dificuldade para engravidar;
  • Dor aguda no fundo das costas ou coxas;
  • Dor durante as relações sexuais ou dor pélvica ao mover-se;
  • Sensibilidade nas mamas;
  • Dor ao evacuar;
  • Náuseas e vômitos.

Os sintomas também são os mesmos em casos de cisto hemorrágico e cisto maligno, e por isso é necessário fazer um ultrassom no ginecologista para diagnosticar o problema.

Tratamento de Cisto no Ovário

O tratamento para cisto no ovário irá depender do tamanho do cisto, da sua forma, dos sintomas relacionados e da idade da mulher, e deve sempre ser orientado pelo seu médico.

Na maior parte dos casos, o cisto no ovário desaparece por si só, não necessitando de tratamento e, por isso, o médico pode aconselhar apenas uma vigilância regular dos ovários, através de ultrassom e exame de sangue, para avaliar constantemente se há a evolução do cisto.

O tratamento para cisto no ovário com anticoncepcional também é muito utilizado em casos recorrentes, sendo feito especialmente em mulheres jovens sem suspeita de cisto maligno, mas que sofrem de sintomas de dor aguda, impedindo assim a recorrência de novos cistos.

Já quando o cisto no ovário provoca sintomas ou dificulta o funcionamento do órgão, e não há outras opções, o médico pode recomendar cirurgia para retirada do cisto, sem retirar o ovário. No entanto, nos casos mais graves, em que o cisto é muito grande ou apresenta indícios de câncer o ginecologista pode aconselhar a retirada do ovário.

Tratamentos naturais de Cisto no Ovário


Salmão: rico em proteínas

Alguns tratamentos naturais também podem ajudar a tratar os sintomas do cisto no ovário.

  1. Coma uma dieta rica em nutriente

Não importa a causa do desequilíbrio hormonal, ter uma alimentação rica em nutrientes e a exposição à toxinas é importante.

É crucial aumentar o metabolismo e, portanto, ajudar com a produção de hormônios, eliminando várias toxinas que entram em nossos corpos através de alimentos processados e açucarados.

Os hormônios podem facilmente se desregular quando o corpo é bombardeado por coisas como adoçantes artificiais e conservantes.

Procure comer principalmente uma variedade de alimentos anti-inflamatórios naturais (como vegetais, frutas e salmão), nozes e gorduras saudáveis (incluindo óleo de coco, azeite e abacate).

Também é importante remover da sua dieta os alimentos e alérgenos comuns, como glúten e laticínios, açúcares e produtos artificiais e industrializados.

  1. Reduzir o estresse

Uma das chaves para resolver qualquer problema hormonal é olhar com cuidado para a “conexão mente-corpo”. Isso é porque o estresse pode ter impactos drásticos sobre o sistema endócrino e, portanto, a produção de hormônios.

Diferentes coisas funcionam para diferentes pessoas quando se trata de combater o estresse crônico, como passar mais tempo na natureza, yoga, meditação, e assim por diante. Tente abordar quais áreas de sua vida causam mais estresse e como você pode lidar com elas adequadamente.

  1. Sono em dia

Dormir bem é crucial para a regeneração celular, produção de hormônios, controle de estresse e até mesmo controle de peso. Na verdade, privação de sono pode ter os mesmos efeitos negativos sobre a saúde e hormônios.

Não dormir o suficiente aumenta os hormônios do estresse no corpo, incluindo o cortisol, e muda os níveis de hormônios que controlam seu peso e apetite, incluindo insulina e grelina.

Cisto no Ovário causa infertilidade?

O cisto no ovário não causa infertilidade, mas a mulher pode ter dificuldade em engravidar devido às alterações hormonais que causam o surgimento do cisto.

No entanto, com o tratamento adequado e acompanhamento médico, o cisto no ovário tende a diminuir ou desaparecer, fazendo com que a mulher retorne ao seu ritmo hormonal normal, facilitando a fertilização.

Também é importante deixar claro que quando a mulher com cisto no ovário consegue engravidar, é preciso fazer consultas regulares ao obstetra, pois existe um risco maior de complicações, como gravidez ectópica, por exemplo.

O cisto no ovário normalmente se resolve sozinho. No entanto, caso apareçam sintomas, é importante procurar orientação médica.

É importante também manter uma alimentação de verdade e rica em nutrientes, assim como possuir uma rotina saudável.

Dê atenção a sua alimentação e a um estilo de vida mais saudável. Cuide-se e viva melhor!

*A imagem com a dúvida da leitora retirei do site https://www.trocandofraldas.com.br/desmistificando-os-cistos-tipos-e-tratamentos/ através de pesquisa na internet.
*A imagem ilustrativa deste post retirei do site https://www.tuasaude.com/cisto-hemorragico/ através de pesquisa na internet.
*As informações acima retirei do site https://drjulianopimentel.com.br/artigos/cisto-no-ovario-sintomas-tratamentos/ através de pesquisa na internet.
Publicado em Falência Ovariana Prematura/Menopausa Precoce, Saúde e bem-estar | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Desafio dos 100 Filmes | Um filme de atores desconhecidos

Esse filme já foi citado por mim em 2012, mas como estou (re) começando o Desafio 100 Filmes agora, então optei por repostar os filmes nestas postagens iniciais…

Um filme de atores desconhecidos

2001 – Uma Odisseia no Espaço é um filme norte-americano de 1968 dirigido e produzido por Stanley Kubrick, co-escrito por Kubrick e Arthur C. Clarke. O filme lida com os elementos temáticos da evolução humana, tecnologia, inteligência artificial e vida extraterrestre. É notável por seu realismo científico, efeitos visuais pioneiros, imagens ambíguas que são abertas a ponto de se aproximarem do surrealismo, som no lugar de técnicas narrativas tradicionais e o uso mínimo de diálogo.

O filme é memorável por sua trilha sonora, resultado da associação feita por Kubrick entre o movimento de satélites e os dançarinos de valsas, o que o levou a usar Danúbio Azul, de Johann Strauss II e o famoso poema sinfônico de Richard Strauss, Also sprach Zarathustra, para mostrar a evolução filosófica do Homem, teorizado no trabalho de Friedrich Nietzsche de mesmo nome.

Apesar de ter sido recebido inicialmente de forma mista, 2001: A Space Odyssey é atualmente reconhecido pela crítica e pelo público como um dos melhores filmes já feitos. Foi indicado a quatro Oscars, recebendo um por Melhores Efeitos Visuais. Em 1991, ele foi considerado “culturalmente, historicamente ou esteticamente significante” pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos para ser preservado no National Film Registry.

*A imagem ilustrativa deste post retirei do blogspot https://1.bp.blogspot.com/-jCqtt2UpwlY/U9Jdm3ATeaI/AAAAAAAABrs/CEZbMAvUDMs/s400/Capa.png através de pesquisa na internet.
*O vídeo “2001 – Uma Odisseia no Espaço” retirei do site http://www.youtube.com/watch?v=hcD_AF3sVAM através de pesquisa na internet.
*Este é um post do Desafio dos 100 Filmes! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.
Publicado em Desafio dos 100 Filmes | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Downton Abbey – Guia de episódios (5ª temporada)

5ª Temporada

Episódio 1

Enquanto Robert e Cora comemoram 34 anos juntos, Edith está sofrendo com o sumiço de Michael e o segredo que esconde de todos. Thomas vira alvo das próprias intrigas, mas não hesita em agir ao ver Downton em perigo.

Episódio 2

Drewe e Edith desenvolvem um plano para ela se aproximar de Marigold sem levantar suspeitas. Rose quer que Robert permita um rádio na mansão, mas ele está mais preocupado com a recente mudança de atitude de Tom.

Episódio 3

Mary aproveita sua viagem ao lado de Tony para conhecê-lo melhor, mas sua indiscrição é testemunhada por olhos familiares. A polícia continua investigando a morte do Sr. Green e as suspeitas recaem sobre Bates.

Episódio 4

Lorde Merton finalmente revela suas intenções a Isobel e Mary se encontra com Lorde Gillingham para lhe dar sua resposta. Novas suspeitas surgem acerca da morte do sr. Green e a polícia volta a visitar Downton.

Episódio 5

O sr. Bricker reaparece em Downton por causa do seu interesse no quadro da família, mas ele vai longe demais atrás de sua paixão. A relação de Edith com os Drewe piora e ela pode nunca mais ver Marigold.

Episódio 6

Após descobrir o segredo que Anna estava guardando para Mary, Bates resolve que é hora de ele e a esposa terem uma conversa franca. Edith recebe a pior notícia que podia esperar e toma uma decisão radical.

Episódio 7

Cora fica sabendo do segredo de Edith e resolve encontrá-la com um plano para convencê-la a voltar a Downton. Isobel finalmente dá a sua resposta a Lorde Merton, mas nem todos ficam satisfeitos com sua decisão.

Episódio 8

Rose e Atticus vão se casar em Londres, mas alguém não quer ver os dois juntos e fará de tudo para impedir. A investigação sobre a morte do sr. Green chega ao fim e o fantasma da prisão volta a assombrar Downton.

Episódio 9

Apesar da preocupação com Anna, a família parte numa viagem com os Sinderby que promete ser tudo menos tranquila. Tom decide qual será o seu futuro, mas não fará nada antes de um Natal cheio de surpresas em Downton.

*A imagem ilustrativa deste poste retirei do google imagens através de pesquisa na internet.
*O episódios da 1ª temporada de Downton Abbey retirei do site http://gnt.globo.com/series/downton-abbey/episodios.html através de pesquisa na internet.
Publicado em Downton Abbey, Seriados | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Desafio dos 100 Filmes | Um filme de humor negro

Esse filme já foi citado por mim em 2012, mas como estou (re) começando o Desafio 100 Filmes agora, então optei por repostar os filmes nestas postagens iniciais…

Um filme de humor negro

A Família Addams é um filme estadunidense, do gênero humor negro, baseado nos personagens do desenho animado de mesmo nome criado pelo cartunista Charles Addams.

O filme foi originalmente desenvolvido na Orion Pictures (que na época detinha os direitos da série de televisão no qual o filme foi baseado, devido à sua propriedade da biblioteca Filmways). Mas devido aos problemas financeiros do estúdio, a Paramount Pictures entrou em cena para completar o projeto.

*A imagem ilustrativa deste post retirei do blogspot https://1.bp.blogspot.com/-jCqtt2UpwlY/U9Jdm3ATeaI/AAAAAAAABrs/CEZbMAvUDMs/s400/Capa.png através de pesquisa na internet.
*O vídeo “A Família Addams” retirei do site http://www.youtube.com/watch?v=Jq7YsAI95Fc através de pesquisa na internet.
*Este é um post do Desafio dos 100 Filmes! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.
Publicado em Desafio dos 100 Filmes | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Blogagem Coletiva…

No início do ano postei aqui no blog que eu iria participar de uma blogagem coletiva (Bever)…

Fiz alguns post’s com os temas propostos lá no grupo do Facebook, mas a blogagem não foi para frente e as postagens quinzenais pararam, sem explicação… até que uma discussão surgiu a ideia de voltarmos com os temas para blogagens coletivas e cá estou eu novamente…

Dessa vez nosso grupo tem 6 participantes e o tema é escolhido através de enquete no grupo que criamos no Facebook…

Blogagem Coletiva

O título do projeto é autoexplicativo.

As únicas regras que exitem são:

1. Podes sempre adicionar ideias às sondagens.

2. Uma vez na semana cria se uma sondagem onde se decide o tema da blogagem coletiva e mais tarde seleciona se os mais votados e cria se uma publicação a anunciar. A partir daí escolhem um deles e na semana seguinte existe um post onde pode se colocar o link do post com o tema da blogagem.

3. Proibido comentários ofensivos, spam, divulgação de posts por aí, comentários racistas ou sexistas e tudo o que envolva ofensas.

4. DEVES tentar ver e comentar a publicação correspondente às blogagens dos outros.

5. Quando fizeres o post usa a hashtag #blogagemcoletiva em algum momento no post.

Não deixem de seguir a página do blog que sempre que sair postagem nova aqui compartilho lá…

*A imagem ilustrativa deste post retirei do Facebook https://www.facebook.com/photo.php?fbid=815906238588652&set=gm.1428308703921598&type=3&theater através de pesquisa na internet.
Publicado em Blogagem Coletiva | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Downton Abbey – Guia de episódios (4ª temporada)

4ª Temporada

Episódio 1

A ausência de Matthew deixa um vazio que é ainda mais doloroso para Mary e Isobel. Enquanto Downton tenta superar o luto, recebe novos moradores e criados, mas outras pessoas partem inesperadamente da mansão.

Episódio 2

Robert encontra uma carta de Matthew que causa uma disputa silenciosa entre ele e Mary quanto ao futuro de Downton. A nova camareira começa a trabalhar e, com a ajuda de Thomas, causa um desconforto na mansão.

Episódio 3

A equipe de Downton está sobrecarregada, pois estão esperando a chegada de muitos convidados, mas poucos trarão seus próprios camareiros. No entanto, basta apenas um desses criados para acabar com a paz na mansão.

Episódio 4

O clima está tenso em Downton, pois Tom recebe uma notícia que pode arruinar a sua reputação com os Crawley. Já Anna não consegue impedir que o que aconteceu afete sua relação com Bates e toma uma atitude radical.

Episódio 5

Alfred está praticando para o teste de cozinheiro profissional, mas, apesar do apoio dos colegas, ele não sabe se será aceito. Bates descobre por que Anna anda estranha e não irá descansar até saber toda a verdade.

Episódio 6

É o aniversário de Robert e Rose prepara uma surpresa para ele que divide opiniões. Edith, porém, recebe uma notícia que lhe dá outras preocupações e a equipe da mansão tem que lidar com a saída de mais um criado.

Episódio 7

Robert precisa ir aos EUA com urgência, mas Bates não quer deixar Anna sozinha e, para evitar a viagem, o segredo dela acaba se espalhando. Porém, um visitante inesperado faz com que o clima na mansão fique tenso.

Episódio 8

Rosamund tem uma ideia para ajudar Edith, mas nada escapa à percepção da Condessa Viúva. Mary pede a Lorde Gillingham que demita o seu camareiro, mas ele é surpreendido por uma notícia que abala a paz em Downton.

Episódio 9

Rose é apresentada ao rei, mas uma carta confidencial do príncipe cai nas mãos erradas e a ajuda de Bates é crucial para resolver a situação. Porém, as suspeitas do seu envolvimento na morte do sr. Green aumentam.

*A imagem ilustrativa deste poste retirei do google imagens através de pesquisa na internet.
*O episódios da 1ª temporada de Downton Abbey retirei do site http://gnt.globo.com/series/downton-abbey/episodios.html através de pesquisa na internet.
Publicado em Downton Abbey, Seriados | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

FOP

Agora que o diagnóstico foi descartado e o susto inicial passou consegui sentar na frente do notebook e pesquisa a respeito da FOP, ou seja, a falência ovariana precoce (ou prematura)…

Como comentei no post sobre o atraso menstrual e a amenorreia secundária, esse ano tive ciclos menstruais bem irregulares (cheguei a ficar 150 dias sem menstruar) e com meu histórico de miomas uterinos, embolização de miomas e miomectomia, nunca pensei que poderia passar pela menopausa precoce (ou será que pensei?!)…

As lágrimas ainda não secaram… na verdade elas ainda teimam em cair dos meus olhos… mas o que mais me assustou neste período de incertezas foi o prognóstico futuro de não poder engravidar por vias naturais ou pior ainda, não ter filhos biológicos…

Mas não vou colocar o “carro na frente dos bois” e ficar me lamentando pelo que ainda não sei ao certo… como disse o Dr. Didier, ainda posso adotar ou como disse a Dra. Fernanda, posso tentar o congelamento de óvulos para preservação ou a doação de óvulos… mas tudo isso é para o futuro e agora temos que nos atentar aos sintomas e promover uma vida digna para mim, agora que sei que estou na menopausa precoce…

Mas as informações que localizei sobre o tema coloquei abaixo, neste post…

 

Falência Ovariana Prematura

O que é Falência Ovariana Prematura (FOP)?

A falência ovariana precoce (FOP) – também conhecida por insuficiência ovariana primária mais conhecida como menopausa prematura – é caracterizada como a perda da função ovariana antes dos quarenta anos de idade. Nesse caso, os ovários deixam de produzir hormônios e não liberam mais óvulos. O resultado principal dessa alteração é a infertilidade.

A FOP é comumente chamada de menopausa prematura, porém as duas condições são diferentes. Mulheres com falência ovariana precoce podem apresentar ciclos menstruais ocasionais ou irregulares durante anos e podem até mesmo obter a gestação de forma espontânea. Mulheres com menopausa precoce não apresentam mais ciclos menstruais e consequentemente não podem obter a gestação de forma espontânea.

Algumas desordens genéticas estão associadas com a falência ovariana precoce. Essas desordens incluem: síndrome de Turner (condição em que a mulher apresenta apenas um cromossomo X, ao invés de dois) e síndrome do X frágil (causa principal de distúrbio do desenvolvimento intelectual).

Como se detecta a falência ovariana?

O termo ”falência ovariana” refere-se à perda da capacidade reprodutiva do ovário, ou seja, ele deixa de produzir óvulos e também os dois principais hormônios da mulher: estrogênio e progesterona. Isso é um fato normal, fisiológico, quando ocorre entre os 45 e 55 anos de idade.

As consequências, além da capacidade de procriar, são os chamados sintomas climatéricos que a falta do hormônio estrogênio determina: ondas de calor, dores de cabeça, insônia, irritabilidade, melancolia, secura vaginal, dores nas relações sexuais, perda involuntária de urina, ardência ao urinar, maior risco para doença cardiovascular e osteoporose (perda de cálcio nos ossos).

Além disso, a mulher passa por um período de irregularidade menstrual até a parada completa das menstruações. A última menstruação de uma mulher é denominada menopausa, e é definida quando ela fica um ano sem menstruar.

Quando a falência ovariana ocorre antes de 40 anos, ela é dita precoce. Isso pode ocorrer por fatores genéticos, auto-imunes (quando ocorre produção de proteínas de defesa, os anticorpos ou células de defesa que agridem os próprios ovários), cirurgias nos ovários ou tratamentos de radioterapia ou quimioterapia. Mas isso nem sempre é irreversível; de 5% a 10% dos casos retornam ao normal espontaneamente, podendo até engravidar.

A falência ovariana é confirmada por meio das dosagens dos hormônios FSH e estradiol. Nos casos de falência prematura, devem-se pesquisar as alterações da glândula tiróide, adrenal, realizar pesquisa de cariótipo e alterações genéticas.

Estas mulheres podem beneficiar-se da fertilização in vitro, com doações de óvulos para engravidar. Quando não desejam a gravidez, a reposição hormonal pelo menos até a idade fisiológica da menopausa (em torno dos 50 anos) está indicada.

Hilton Cardim, ginecologista especialista em reprodução assistida | Sua Saúde – Folha de Londrina
*A imagem ilustrativa deste post retirei do blog http://blog.danieldiogenes.med.br/2013/03/falencia-ovariana-prematura-fop.html através de pesquisa na internet.
*As informações sobre a falência ovariana prematura retirei do site https://www.genomika.com.br/rol-ans/doencas/FOP#t2 através de pesquisa na internet.
*As informações de como se detecta a FOP retirei do site http://www.bonde.com.br/saude/duvidas/como-se-detecta-a-falencia-ovariana–91236.html através de pesquisa na internet.
Publicado em Falência Ovariana Prematura/Menopausa Precoce, Miomas Uterinos, Saúde e bem-estar | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Desafio dos 100 Filmes | Um filme que fica na cabeça

Esse filme já foi citado por mim em 2012, mas como estou (re) começando o Desafio 100 Filmes agora, então optei por repostar os filmes nestas postagens iniciais…

Um filme que fica na cabeça

O Mistério da Libélula é um filme estadunidense de 2002, gênero suspense, dirigido por Tom Shadyac, com trilha sonora de John Debney e fotografia de Dean Semler.

*A imagem ilustrativa deste post retirei do blogspot https://1.bp.blogspot.com/-jCqtt2UpwlY/U9Jdm3ATeaI/AAAAAAAABrs/CEZbMAvUDMs/s400/Capa.png através de pesquisa na internet.
*O vídeo “O Mistério da Libélula” retirei do site http://www.youtube.com/watch?v=_fglzCnPlec através de pesquisa na internet.
*Este é um post do Desafio dos 100 Filmes! Para entender o que é o desafio clique aqui e para ver todos os posts já publicados clique aqui.
Publicado em Cinefilia/Cinéfilo, Desafio dos 100 Filmes | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Downton Abbey – Guia de episódios (3ª temporada)

3ª Temporada

Episódio 1

Sybil retorna a Downton para o casamento de Mary e sua chegada deixa o clima tenso na mansão. Os Crawley, porém, têm outra preocupação, pois uma notícia grave ameaça arruinar a família e a felicidade da ocasião.

Episódio 2

O número de criados continua reduzido e a situação tende a piorar, pois a equipe pode perder um de seus membros essenciais. Mary quer que sua avó materna salve Downton e organiza um jantar para impressioná-la.

Episódio 3

O destino de Downton Abbey depende de uma carta enviada por Lavinia Swire. Edith está prestes a subir ao altar com Sir Anthony. Sra. Hughes descobre que sua saúde pode estar frágil.

Episódio 4

Duas revoluções sociais chegam a Downton Abbey: a guerra civil irlandesa e a luta pelo sufrágio feminino. Ethel, a antiga camareira de Downton, enfrenta momentos difíceis para decidir o futuro de seu filho.

Episódio 5

Lady Sybil está enfrentando complicações durante a gravidez deixando todos em Downton apreensivos com sua saúde e a do bebê. Bates está cada vez mais próximo de conseguir provar sua inocência.

Episódio 6

Robert descobre que sua ex-criada Ethel está trabalhando na casa de Isobel e teme que isso manche a reputação da família. Lady Edith está com um futuro promissor e ousado pela frente como jornalista.

Episódio 7

A proximidade do batizado da filha de Sybil deixa Lord Crawley preocupado, Branson deseja que ela seja batizada pela igreja católica. Bates finalmente sai da cadeia e ameaça a posição de Thomas em Downton Abbey.

Episódio 8

Robert, Matthew e Tom estão prestes a formar uma aliança nos negócios que será a esperança para a prosperidade de Downton. Bates está disposto a ser bondoso com Thomas apesar de suas desavenças passadas.

Episódio 9

Os Crawley viajam para a Escócia, enquanto Branson permanece em Downton com a criadagem da casa. Edith convida o editor do jornal em que trabalha para um jantar típico escocês e percebe estar sendo cortejada por ele.

*A imagem ilustrativa deste poste retirei do google imagens através de pesquisa na internet.
*O episódios da 1ª temporada de Downton Abbey retirei do site http://gnt.globo.com/series/downton-abbey/episodios.html através de pesquisa na internet.
Publicado em Downton Abbey, Seriados | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário