Meu iPhone caiu… e a tela quebrou!!!

Tragédia! Meu iPhone caiu no chão. A suposta proteção da película de vidro… nem sinal.

Se não bastasse todas as intercorrências que já tive com meu iPhone (iPhone que travou na tela da maçã, o iPhone que mostra a tela preta com uma bateria vermelha no centro e o alerta sobre a “falha de SIM”, “nenhum cartão SIM instalado” ou “SIM inválido” no iPhone 4s, agora mais essa…

60769321_2313593328961932_6068868576855457792_n

O Frederico tem funcionado normalmente, a função touchscreen não foi comprometida, inclusive, fiquei utilizando o meu telefone quebrado por umas duas semanas (até observar um aumento na rachadura, sem falar nos farelos de vidro que encontrava por todos os lados), mas fica sempre aquela apreensão se terei algum problema após essa queda tão brusca que causou um dano grande na tela frontal do meu iPhone…

Infelizmente para quem sofre com este problema, não há suporte gratuito da Apple nem se o aparelho estiver na garantia. Afinal, ela não cobre “danos acidentais”. Porém, estas limitações não significam que a empresa não oferece uma solução. Pelo contrário. Este tipo de problema é tão comum que existe uma área dedicada a ele no site da empresa.

Mas para quem quer saber o que fiz para “resolver” esse problema o post a seguir será sobre isso (claro que não fui eu quem fez a troca do display e sim meu namorado nerd) mas pesquisei informações na internet e o que achei mais útil postarei abaixo…

Quebrou a tela do iPhone? Veja o que fazer para consertar

 

Quebrou a tela do seu iPhone? Não ache que você é o único sortudo, tem milhares de pessoas no mundo que estão na mesma situação que você, inclusive eu (vide foto acima). E motivado pela tela quebrada do meu iPhone 4S causada por consecutivas quedas, resolvi escrever um artigo para tranquilizar os leitores e usuários mostrando os caminhos a seguir quando isso acontece com seu iPhone, até mesmo o quase inquebrável iPhone 5s.

O conserto da tela quebrada, rachada, trincada do iPhone pode ser feito de 4 formas, diretamente em contato com a Apple, em uma assistência autorizada, em empresas terceirizadas não autorizadas pela Apple ou por você mesmo (sim, é possível). Para cada modelo de iPhone (3G, 3GS, 4, 4S, 5, 5c e 5s) existe uma solução mais viável.

Vamos começar esclarecendo as coisas. Primeiramente a quebra voluntária (acredite que tem gente que faz isso) ou involuntária da tela do iPhone (frontal e traseira no iPhone 4 e 4S) não é coberto pela garantia, pois é um dano que ela não pode garantir que não ocorra. Por tanto, se a tela do seu iPhone quebrou, uma coisa você tem que ter em mente, você terá que pagar para consertar. E nessa afirmativa entra outra grande questão, onde eu posso consertar pelo menor preço?

A resposta dessa pergunta vai variar com o modelo do iPhone e com a forma que você irá fazer isso (dentre as 4 citadas no início). Vejamos a forma ideal para o conserto, pela Apple Store.

#1 – Apple Store, a forma ideal, porém mais cara

contato-suporte-apple-chat

Essa forma é ideal para iPhones ainda dentro da garantia, pois se seu iPhone ainda estiver na garantia quando a tela quebrar, e você utilizar uma assistência não autorizara, a garantia será invalidada por troca de hardware do iPhone por um não original, pois somente a Apple e autorizadas tem acesso as peças originais de fábrica, por tanto, se seu iPhone estiver na garantia, leia somente os campos #1 e #2, se não você pode perder a garantia.

É muito comum iPhones recém comprados ou com um bom prazo de garantia, caírem e quebrarem a tela, tenho amigos que compraram o iPhone e no outro dia quebraram a tela do iPhone. Para esses casos, não tenha dúvida, Apple é o caminho a seguir.

Para conseguir o suporte da Apple, que é pago, basta você entrar nesse link e preencher todos os dados solicitados, durante o processo você poderá solicitar uma chamada telefônica, um bate papo, ou ver a assistência autorizada mais próxima de você. Caso você decida fazer tudo com a Apple, você tem uma comodidade, você pode enviar o iPhone via correios e receber via correios, caso perto de você não exista uma assistência.

Existe outra forma de manter o iPhone dentro da garantia, é levando-o diretamente a uma assistência autorizada, veja abaixo:

#2 – Assistência autorizada, encontre uma próxima de você

Essa é outra forma de consertar a tela quebrada do iPhone mas mantendo a garantia caso ela ainda estiver vigente. Mas é bom enfatizar que é apenas nas AUTORIZADAS pela Apple, aquelas que tem o certificado.

Ligar para Apple (#1) ou levar na Autorizada (#2) é apenas o primeiro passo, o segundo e mais complicado é pagar o conserto. A Apple tabelou os preços entre elas e as autorizadas à fim de evitar concorrência e equalizar tudo. O conserto é feito com a substituição completa do complexo vidro e LCD, o que eleva o custo, porém não chega perto da substituição  por um novo. Veja os valores:

tabela-de-preco-troca-tela-quebrada-iphone - Quebrou a tela do iPhone? Veja o que fazer para consertar
R$ 449 para o 3G, 3GS e 4; R$ 549 4S; R$ 749 5, 5c e 5s

Os preços são bem salgados, mas é o valor de fazer com peças originais em um ambiente profissional com técnicos gabaritados, e manter a garantia.

Por mais louco que possa ser, essa assistência só é fornecida se o iPhone for dos modelos homologados no Brasil, por tanto, os iPhones 5 da Verizon (A1429), iPhone 5c e 5s comprados nos EUA não podem fazer essa assistência.

#3 – Empresas terceirizadas não autorizadas, mais barato, rápido, mas…

Essa forma eu recomendo apenas para o iPhones mais antigos 3G até o 4S que já estão com fora do prazo da garantia, ou então dos iPhones mais novos para as pessoas que não se importam de perder a garantia (só os loucos).

Por mais que muitos digam que o LCD é inseparável da tela de vídeo, vários técnicos da áreas dizem que conseguem fazer a separação do painel de LCD do vidro, principalmente com os iPhones mais antigos (eu já troquei do meu ex3G), pois dessa forma precisará ser trocado apenas o vidro, que custa muito menos, barateando o serviço e as peças. Porém a técnica usada para trocar é apurada e é necessária experiência ou dedicação.

Geralmente toda cidade média ou grande tem técnicos ou empresas que sabem fazer o processo da troca e os preços que variam de 50 a 300 reais (ou mais) dependendo do modelo. É uma grande redução no preço, mas você tem que prestar atenção em algumas coisas:

  • Veja se as peças que ele utiliza é de qualidade. Existem muitas peças chinesas que são muito ruins e que prejudicam a experiência com o iPhone após a troca.
  • Veja a procedência. Pesquise clientes satisfeitos e insatisfeitos com o serviço.

Minha observação fica para que você tome muito cuidado com isso, é uma troca delicada em um aparelho de muito valor.

#4 – Troque você mesmo, barato e possível, mas não é fácil

Essa é a opção que estou adotando, pois meu iPhone 4S tem 4 anos e está bem acabado, não quero pagar muito pelo conserto, e como tenho um pouco de experiência com montagem de peças resolvi fazer sozinho.

Pessoalmente eu não indico esse caminho, pois ele é complicado e demanda bastante tempo, e como tempo é dinheiro, a opção #3 pode ter um melhor custo benefício, estou fazendo de teimoso e para poder contar como foi. Para não dar dicas erradas sobre esse processo de troca, estou preparando um tutorial completo com essas informações, pois por enquanto não tenho segurança para afirmar como faz e poder ensinar.

Em qualquer uma das opções você tem que fazer backup das suas informações.

Considerações Finais

A lei da gravidade é cruel com o iPhone, ou ele cai no chão e quebra a tela, ou ele cai na água e para de funcionar. Mas para ambos problemas, há solução, e por isso escrevo esse artigo a você, para te dar as soluções possível de consertar a tela do seu iPhone que quebrou, rachou ou trincou.

Então espero que realmente possa ter ajudado! Se você acha que um dia ela irá quebrar, então guarde esse artigo nos favoritos. Se esse artigo foi útil para você, compartilhe com seus amigos, essa é a forma de nos agradecer.

Quais os riscos de usar uma tela de celular trincada?

Igor Terres

O uso do iPhone exige certos cuidados para evitar danos físicos e problemas internos no aparelho. Afinal de contas, é muito desagradável uma tela de celular trincada, não é mesmo?

Mas não é só o fator estético que deve ser levado em consideração. Ao usar o aparelho com a tela comprometida, você põe em risco a saúde do seu celular — e a sua também! E o que parecia ser apenas uma simples trinca, acaba gerando transtornos maiores.

Quem depende do aparelho para trabalhar e se comunicar com a família não pode ficar a ver navios, especialmente em momentos de urgência. Por isso, cuidar bem do seu iPhone livra você de situações que podem ser resolvidas a um só toque.

Durante a leitura do post, você vai descobrir quais são os perigos de usar o celular com a tela trincada e o que fazer para evitar que ela quebre. Confira!

Riscos de usar o celular com a tela trincada

Não importa o tamanho do problema. Uma tela de celular danificada pode gerar riscos a você e ao aparelho. Saiba agora quais são eles!

Aumento da rachadura

O seu celular fica muito mais exposto após sofrer uma queda e a tela trincar. Com o tempo, a rachadura tende a aumentar, e o display acaba sendo afetado. Ainda que a trinca não seja muito grande ou profunda, ela pode se expandir e, em alguns casos, quebrar a tela em pedaços.

Risco de ferimentos

A tela trincada de um aparelho solta farelos de vidro, que atingem as mãos e os dedos ao toque e trazem o risco de pequenos cortes. Os ouvidos, os olhos e a boca também ficam expostos ao perigo. Para você não correr o risco, a troca da superfície é a alternativa mais recomendada.

Perda da funcionalidade

Você nota que o seu iPhone não é mais o mesmo após sofrer uma queda e a tela trincar. Especialmente se ele cair de quina, situação em que o estrago costuma ser maior.

Em determinados casos, a tela não sofre danos, mas o display que é colado nela pode facilmente quebrar e deixar de funcionar. O contrário também acontece. E o perigo de o aparelho perder a funcionalidade sempre será maior se a superfície for atingida.

É que o impacto da queda pode causar prejuízos a componentes internos do celular. Isso faz com que ele pare de realizar comandos simples, como enviar mensagens ou permitir a discagem de números. Com a função touchscreen comprometida, você não pode usar o seu iPhone.

Exposição ao ambiente

Da mesma forma, o seu celular fica bastante vulnerável ao ambiente externo, caso a tela esteja trincada. As chances de ele ser afetado pela umidade, por exemplo, aumentam. E a água pode provocar a corrosão das partes metálicas que o compõem.

A poeira e outros tipos de resíduos também encontram uma porta de entrada para o aparelho. Assim, o funcionamento do smartphone é prejudicado ou, pior ainda, ele pode deixar de funcionar completamente. Nessa situação, além de trocar a tela, você terá de solicitar a retirada da sujeira depositada no interior do iPhone.

Dicas para evitar que a tela do celular quebre

Para que o seu celular não deixe você na mão, é importante tomar alguns cuidados. E ainda que ele caia no chão, você pode recorrer a acessórios para protegê-lo e evitar que a tela quebre. Por isso, preste muita atenção nas dicas a seguir!

Use a película

Encontrada em diferentes materiais, a película é um acessório que não pode faltar, caso você queira manter protegido o seu aparelho. A que mais absorve o impacto de uma queda é a de vidro. Muitas vezes, ela quebra, mas a tela permanece intacta.

As películas de silicone também ajudam a proteger o celular e evitar os indesejados arranhões, mas não são tão eficientes quanto às de vidro nas situações em que o aparelho cai no chão.

Não abra mão da capa com proteção

Opções de capas para celular não faltam. E a gente sempre indica os modelos que cobrem a borda da tela. Assim, durante uma possível queda, ela não é atingida de imediato. Itens que protegem tanto a frente como a parte de trás do aparelho, como os do tipo carteira, também são recomendados.

Em relação ao material, saiba que o silicone neutraliza o choque — e, portanto, evita rachaduras — com mais eficiência. Por sua vez, as capas feitas em acrílico são mais rígidas e costumam ser utilizadas para evitar os arranhões. Há, ainda, acessórios confeccionados com mais de uma matéria-prima.

Tenha cuidado ao colocar o celular na bolsa

Ao guardar o seu iPhone dentro da bolsa, é fundamental se certificar de que chaves, lixas, canetas e até agulhas não venham atingir a tela e riscá-la. Afinal de contas, qualquer dano à superfície aumenta as chances de formação de trincas no caso de uma possível queda.

Outro conselho é nunca colocar o celular no bolso traseiro da calça. Além do risco de furtos, ele pode cair. Há o perigo, também, de você sentar sobre ele e danificar sua tela ou até mesmo comprometer a funcionalidade do equipamento.

Evite usar o aparelho quando estiver em movimento

Seja para falar ao telefone ou para enviar uma mensagem, não é recomendado usar o aparelho enquanto caminha ou realiza alguma outra tarefa. Muitos acidentes acontecem justamente nos momentos de distração. Logo, todo cuidado é pouco, se você deseja manter o seu celular novo e intacto.

Para finalizar, é importante lembrar que é preciso trocar a tela do celular todas as vezes em que estiver trincada — e isso independentemente do tamanho do dano. Afinal, a saúde do seu aparelho e a sua devem estar em primeiro lugar.

Você já sabe quais são os riscos de uma tela de celular trincada e o que precisa ser feito para evitar que isso ocorra. Agora, é só seguir as nossas recomendações para não passar apuros, combinado?

*A imagem o meu iPhone quebrado retirei do meu arquivo pessoal.

*A imagem ilustrativa deste post retirei do site http://blog.ihelpu.com.br/wp-content/uploads/2018/07/217858-quais-os-riscos-de-continuar-usando-uma-tela-de-celular-trincada através de pesquisa na internet.

*As informações “Quebrou a tela do iPhone? Veja o que fazer para consertar” retirei do site  através de pesquisa na internet.
*As informações “Quais os riscos de usar uma tela de celular trincada?” retirei do site http://blog.ihelpu.com.br/tela-de-celular-trincada/ através de pesquisa na internet.

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Computadores e Internet, Curiosidade, Rede Social e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.