Cirurgia Plástica Reparadora – Dermolipectomia abdominal com correção da diástase dos músculos retos abdominais e substituição de prótese mamária rompida – Relato de Experiência

Estou para postar o “Relato de Experiência” desde o dia que cheguei em casa de alta hospitalar, mas ando muito desanimada e sem inspiração para um post como este deveria ser, mas não posso deixar de relatar aqui minhas lembranças do pré operatório/operatório/pós operatório…

Como essa semana completei 24 dias de pós-operatório e já tive a minha primeira consulta de retorno resolvi já sentar na frente do notebook e escrever esse post…

header_pos_bariatrica

Cirurgia Plástica Reparadora – Relato de Experiência

Agora, que já passaram os sintomas de desconforto e inchaço inicial, estou pronta para falar sobre minha cirurgia, feita no dia 26 de junho de 2018, no Hospital Albert Sabin, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Vou relatar brevemente como, na prática, tudo me aconteceu…

Como contei anteriormente aqui no blog, após os exames de checkup com a gineco/mastologista descobri no ultrassom que minha prótese de silicone da mama direita estava rompida e com extravasamento de parte do conteúdo e que por orientação médica precisaria fazer a substituição desta prótese…

Então como de uns anos pra cá o abdome em avental tem me incomodado (e até causado desconforto com o tanto de estrias abaixo do umbigo além da pele flácida acima do umbigo, sem falar das assaduras no baixo ventre quando está muito quente) resolvi sondar com a cirurgiã plástica a possibilidade de fazer os dois procedimentos no mesmo dia e após me examinar e verificar a necessidade da dermolipectomia já saí do consultório com a guia em mãos…

Passei por perícia médica no plano de saúde e tive os procedimentos autorizados sem problemas e após fazer o risco cirúrgico com o cardiologista marquei a cirurgia para a metade do mês de junho mas a médica teve um imprevisto com sua equipe que a auxilia e precisamos remarcar para a última semana do mês, o que de um modo geral foi bom, pois fiquei menstruada e no meu caso, a Dra. Larissa desaconselha fazer o procedimento cirúrgico neste período, por causa do risco da anemia pós cirúrgica, já que tenho um ciclo menstrual irregular com tendências a miomas uterinos (mesmo com uso de anticoncepcional injetável), além de ser uma paciente bariátrica com fortes indícios de amenia pós cirúrgica e que em meu histórico pós cirurgia bariátrica apresentei baixa de ferritina com reposição com soro de noripurum

Desta fez fiz jejum a partir da meia noite e internei as 11:30 para um procedimento marcado para as 16h…

Após a internação fiquei aguardando na sala de espera do hospital e as 14h o maqueiro me buscou para iniciarmos os procedimentos pré-operatórios e após uma detalhada anamnese fui encaminhada ao centro cirúrgico onde a Dra. Larissa e a anestesista já me aguardavam…

Dra. Larissa conferiu a prótese solicitada e já conversei com a anestesista sobre a minha necessidade de medicação para dor, enjoo e gases… expliquei também sobre a alergia a esparadrapo (micropore) que tive nos olhos após a cirurgia plástica reparadora de braços e mamas, ela me explicou o tipo de anestesia que iria fazer e apaguei…

Acordei na sala pós-anestésica e assim que possível fui encaminhada ao quarto onde minha mãe, minha irmã, uma amiga e a enfermeira que iria dormir comigo nessa primeira noite me aguardavam…

36458647_1703204196461794_3813146465891516416_n.jpg

De um modo geral passei bem a noite, sem grandes incômodos, apesar de estar de dreno nas duas incisões cirúrgicas (abdomen e mama direita) e também com sonda vesical de demora feminina para não precisar levantar para urinar…

A medicação foi feita toda venosa e dormi relativamente bem… na manhã seguinte tomei meu desjejum normalmente (pão  doce com manteiga e suco de uva)…

Já estava combinado que a Dra. Larissa passaria cedinho para me dar alta, pois eu queria assistir o jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo na Rússia em casa… e antes das 8h a médica já estava no quarto me dando as orientações para meu retorno em casa com prescrição de antibiótico, anti-inflamatório e analgésico por 5 dias…

A Dra. Larissa me enviou a foto da prótese rompida para eu ter ideia de como estava…

Como o líquido drenado foi relativamente pequeno (abdomen 25 ml e mama 20 ml) a médica achou prudente me liberar para casa sem dreno…

A médica também me orientou quanto aos cuidados com os curativos em casa (passar álcool 70 nas incisões após o banho)… devo andar curvada (para não forçar e causar a abertura de um ou mais pontos da cirurgia), dormir de bariga para cima com uma almofada sob os joelhos, fazer repouso (não posso levantar o braço direito acima da cabeça, fazer esforço físico, pegar peso e nem subir ou descer escadas), usar cinta/modelador pós-cirúrgico (como tinha dois modeladores antigos – cinta pós-cirúrgica com abertura frontal que modela abdômen, cintura, coxas, quadril e seios, auxilia na redução de edemas e na correção postural – que atenderiam as minhas necessidades os reformei na loja dos Modeladores Yoga na minha cidade, o que ficou muito mais em conta do que adquirir duas cintas novas) e a marcação do retorno no consultório para a semana seguinte…

Após ficar sentada 20 minutos na cama para poder tomar banho tive uma queda brusca de pressão (90/60  mmHg) e precisei ser posicionada deitada na cama novamente, mas agora com as pernas levantas para o alto e somente após uns 40 minutos nessa posição e a pressão arterial normalizada foi que o técnico de enfermagem me auxiliou no banho e com ajuda de uma outra colega fez a retirada dos drenos e da sonda e também colocou o modelador da yoga que usarei nessa fase de pós-operatório…

Após ser liberada pela equipe de enfermagem tive alta e retornei para casa… já estou até recebendo visitas…

Mas no dia seguinte a minha volta para casa observei um inchaço nos olhos (parece que novamente tive alergia a pomada oftálmica usada no centro cirúrgico para bloquear a entrada de luz nos meus olhos durante a cirurgia), então fiz contato com a médica pelo whatsapp informando do inchaço nos olhos e enviando foto e ela me receitou um antialérgico de uso oral (desloratadina 5mg) e também um colírio (acetato de prednisolona) que iniciei o uso imediatamente, mas como houve uma piora no quadro no dia seguinte (de tão inchada a região do olho direito eu não conseguia nem abri-lo, a doutora achou prudente eu interromper a medicação que ela havia me receitado no hospital (antibiótico, anti-inflamatório e analgésico, trocou o antialérgico para prednisolona e permaneci pingando o colírio) e os resultados já são visíveis…

Dessa forma, parece que tenho hipersensibilidade a cloranfenicol tópico (antibiótico) que usa-se no centro cirúrgico para proteger os olhos da luz forte usada durante a cirurgia e terei que incluir essa informação aos “produtos” que sou alergica (como amendoim/castanhas/nozes e camarão)…

Com o desinchar dos olhos observei que a pele nessa região ficou bem áspera e até descamando, então a Dra. Larissa me orientou a usar hidratante para a região dos olhos ou Bepantol Derma, mas como eu tinha óleo de amêndoas em casa estou passando após o banho e já observo uma considerável melhora nessa região…

Meus movimentos estão bem limitados e dependo da minha mãe/irmã para quase tudo… uma enfermeira tem vindo me auxiliar no banho e na troca dos curativos… tenho intercalados momentos deita com momentos sentada na cama/sofá e ainda não me arrisquei a sair na rua… como de costume não tenho dormido bem a noite por conta da dor nas costa por causa da posição de deitar…

Ainda não dá pra ter uma ideia real de como ficou, mas já voltei ao consultório médico e a cicatrização está dentro do esperado (apesar do edema/inchaço)… não será necessário retirar os pontos, pois eles serão absorvidos pelo organismo ou irão cair naturalmente, mas continuarei indo ao consultório médico para acompanhamento da cicatrização e após os 15 dias serei liberada para fazer drenagem linfática e também começar os cuidados para evitar queloides nas cicatrizes…

Observo uma insensibilidade na região operada mas a Dra. Larissa me tranquilizou, pois essa sensação é comum e até normal e sentirei assim por um tempinho já que isso faz parte do processo de cicatrização….

Fui orientada pela Dra. Larissa a não tomar sol nessa fase inicial para “proteger” a cicatriz e após esse período precisarei passar protetor solar e cobrir a região com meu biquíni. Sol direto na cicatriz só depois de no mínimo 1 ano…

Minha alimentação está normal, mas tenho evitado refrigerante e passei a tomar mais líquido (no caso, suco de limão já que prefiro sucos ácidos)… para auxiliar o funcionamento do intestino continuo tomando activia no desjejum… no meio da manhã e/ou tarde costumo comer gelatina…

Quanto ao uso da órtese umbilical (em gel, macia e anatômica) para a reposição do umbigo após dermolipectomia abdominal ainda não fui orientada a respeito e nem sei se irei usar esse recurso, mas essa questão já está anotada na minha lista de perguntas para a próxima consulta do retorno pós-operatório…

Como estou desempregada já há alguns anos solicitei um atestado médico a Dra. Larissa para dar entrada com o pedido de auxílio-doença no INSS… ela fez um laudo médico informando da dermolipectomia abdominal com correção da diastase dos músculos retos abdominais após emagrecimento com a cirurgia bariátrica (CID 10 M 62 + E 88.1)… agendei a perícia médica pelo telefone 135 e para minha surpresa o agendamento foi recorde e já passei pela perícia… agora estou aguardando o resultado da perícia que chegará pelo correio, mas consegui acessar o site Meu INSS e tive acesso ao resultado da minha perícia (comunicação de decisão) e não foi reconhecido o direito ao benefício, tendo em vista que não foi comprovada qualidade de segurado e não estou mais no “período de graça”, ou seja, não possuo uma inscrição ou faço pagamentos mensais a título de Previdência Social e tem mais de 12 (doze) meses que recebi benefício por incapacidade (auxílio-doença) solicitado quando fiz a miomectomia

Auxílio doença 2018

Então, de um modo geral, posso considerar que essas cirurgias foram um sucesso… e espero sinceramente não ter mais nenhuma intercorrência com a minha prótese de silicone…

E que venha os próximo verão!!!

*As imagens ilustrativas deste post retirei do meu blog ou do meu Instagram.

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Beleza, Cirurgia Plástica Reparadora, Gastroplastia, Saúde e Bem-Estar e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.