Sobre a Morte do Ator Domingos Montagner

Nessas últimas horas foram uma avalanche de notícias, postagens e textos sobre o desaparecimento e posteriormente o falecimento de Domingos Montagner por afogamento no Rio São Francisco…

Eu mesma compartilhei alguns imagens do ator e tbm minha reflexão sobre o acontecido no Facebook…

hugo-gloss

A morte do ator Domingos tem feito muitas pessoas, que nem acompanhavam a novela (como eu) e também os telespectadores que a acompanhavam, imaginarem uma relação de sua morte com as crenças abordadas pela novela entorno da pajelança e feitiçaria.

Mas, confesso a vocês que uma carta enviada pelos índios, da tribo Tafkea, que participaram da novela Velho Chico com o Domingos Montagner, escreveram um texto muito bonito sobre o acontecido… um olhar diferente…

“Por que estão querendo trazer a alma dele de volta? Ele nasceu de novo hoje. Ele se tornou um novo protetor do rio São Francisco, que estava tão esquecido. Porque esse rio não pode morrer. A novela contou todos os mistérios do rio e esse é mais um deles. Mas ele se tornou um ser de luz, pois a água não tira a vida, ela dá a vida. Fiquem felizes pela alma dele, pois quando ele entrou no rio se despediu do corpo e alma, nasceu em um mundo melhor. Algum dia os brancos irão entender isso. Então, temos que fazer um ritual para que os brancos entendam e sejam fortes, pois ele está bem. Ele agora é um protetor do rio São Francisco”.

Mas recebi no WhatsApp um texto com uma reflexão que vale a pena dar uma paradinha e ler o texto… por isso não pude deixar de postá-lo aqui no blog…

domingos-montagner

SOBRE A MORTE DO ATOR DOMINGOS MONTAGNER

Num instante você é rico, bonito, charmoso, bem-sucedido, admirado, protagonista de uma novela. Então, você dá um salto em um rio enquanto comemora a vida e não volta mais à superfície. Você vai embora dessa vida em uma viagem rumo ao desconhecido e não leva nada do que você tem ou de quem você é.

Certa vez Chico Anísio disse que não tinha medo de morrer, mas tinha dó. Essa ideia, para mim, é incrível! Afinal, ter medo de morrer é estranho, já que todos nós teremos que passar por essa experiência. O que temos não é realmente medo da morte, mas sim uma dó de deixar tudo o que fizemos, as relações estabelecidas, o patrimônio conquistado, a identidade que arquitetamos e na qual acreditamos tão piamente.

A morte desse ator da Globo é uma grande oportunidade para que nós lembremos, vez após vez, que todos os dias nós podemos não voltar à superfície e continuar nossos projetos, nossas relações, nossas brigas infantis, nossas difamações ao trabalho alheio ou nossos comentários maldosos sobre as convicções políticas dessa ou daquela pessoa. Todos os dias nós podemos ser obrigados pelas circunstâncias a deixar tudo o que temos sem levar nenhuma trouxa de roupa, sem nenhum dinheiro, sem nenhum amigo a nos fazer companhia. Nós, que temos medo de ir sozinhos ao cinema numa quarta-feira, teremos que partir rumo ao fim de nós mesmos sem alguém que nos apoie. Nós morreremos sós.

Esse é um bom momento para refletirmos sobre frases como “você sabe com quem está falando?”, “você sabe quem é meu pai?”, “você sabe quem é minha família?”. A morte é muito democrática e mostra, mesmo que no último instante, que todos somos iguais e que todos temos o mesmo destino em comum. Nada do que temos, nada do que acreditamos que somos, nada do que experimentamos ou o status que possuímos. Nada disso pode comprar a nossa tentativa de não morrer. É por isso que todos nós devemos ter cuidado e humildade, mesmo que isso seja tão difícil. Afinal, nenhum de nós sabe se o próximo instante será o nosso último mergulho.

*O print sobre a morte do ator Domingos Montagner retirei do meu perfil pessoal no Facebook.
A carta dos índios da Tafkea retirei do perfil da Ana Paula Fernandes no Facebook.
*A imagem ilustrativa deste post retirei do Instagram https://www.instagram.com/p/BKjKgO2jumV/?tagged=domingosmontagner através de pesquisa na internet.
*A mensagem “Sobre a Morte do Ator Domingos Montagner” recebi por WhatsApp.
Anúncios

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Citação, Espiritualidade, Mensagem que fala ao coração, Oração, Rede Social e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s