Como calcular a perda de peso

Como Calcular a Perda de Peso

Muitas pessoas tecem comparações na fase pós cirurgica, acerca da redução de peso, geralmente traçando comparativos entre pacientes diferentes, que operaram com pesos diferentes, possuem alturas diferentes, com organismos diferentes. Isso está absolutamente equivocado.

E isso porque, o que delimita o sucesso do tratamento, não é o peso que o paciente eliminou em si, mas sim o percentual sobre o EXCESSO DE PESO que a pessoa reduziu, proporcionalmente as condições de peso iniciais e altura de cada paciente.

Logo após a realização do procedimento, a previsão para o primeiro mês pós-cirurgia, é de uma redução em torno de 15-20% do EXCESSO de peso que o paciente possuia antes da operação. Ou seja, se o peso ideal que o paciente deveria ter é de 60kg e ele operou pesando 100Kg, havia 40Kg de excesso. Logo, a redução esperada é de algo em torno de 8Kg. Já para um paciente que deveria pesar os mesmos 60Kg, mas operou pesando 150kg, essa perda perda poderia se elevar para até 30Kg. E ainda assim, essa expectativa pode variar de acordo com o metabolismo de cada paciente. Não se pode esperar portanto, que um paciente que opere pesando 100Kg, elimine o mesmo percentual que um paciente que operou pesando 150Kg. Dito isso, deve-se considerar ainda que essa redução do excesso de peso deve acontecer ao longo de 1 a 2 anos a contar da realização cirurgia e que essa perda envolve uma série de peculiaridades, que vão desde o metabolismo, até o comprometimento individual de cada paciente.

Para aprender a calcular a redução do EXCESSO DE PESO, seguem as dicas da Dra. Jacqueline Rizolli:

“O peso considerado “normal” é o de pessoas que possuem IMC = 25kg/m², ou seja, esse é o máximo de peso que uma pessoa deve registrar, para estar considerada dentro dos padrões normais de distribuição corporal. Tudo que estiver acima disso é considerado Excesso de Peso (EP).

Para se calcular o peso normal de uma pessoa multiplicamos a altura² (ou altura x altura) x 25.

Exemplo: 1,65 x 1,65 x 25 = 68Kg (peso normal)

Exemplo:

Peso inicial: 130kg, altura: 1,65m, IMC: 47,7kg/m²

Peso “normal”: 68kg (o cálculo foi 1,65 x 1,65 x 25)

Excesso de peso: 62kg (o cálculo foi 130Kg – 68kg)

Previsão de redução de peso no 1º ano Pós-operatório:

1ºmês (15-20%): 121- 118kg

2º mês (25-30%): 114,5-111,5Kg

3º mês (30-40%): 111,5-105kg

6º mês (45-55%): 102-96kg

9º mês (55-65%): 96-90kg

12-18º mês (65-85%): 90-78kg

A partir daí o peso tende a estabilizar, claro que muitos pacientes reduzem mais do que isso, mas o resultado cirurgico está dentro desta média. Espero ter sido clara, qualquer dúvida me avisem!! Boa sorte com suas calculadoras!!”

Créditos: Dra. Jacqueline Rizolli

Por fim, gostaria apenas de considerar que o cálculo apresentado acima serve como parâmetro durante praticamente todo tratamento, mas deve ser observado de forma relativa para quem já está nos estágios mais avançados, de final de emagrecimento. E isso porque, nestes casos, o cálculo de IMC pode já não ser o mais adequado ou de ordem absoluta, a fim verificar a distribuição corporea adequada do paciente. Para isso, existem equipamentos de alta precisão, chamados de bioimpedância corporal (http://www.drgeo.com/wp-content/uploads/2010/07/inbody1.jpg), os quais fazem uma avaliação mais precisa da distribuição corporal da pessoa, tal como de estrutura óssea, massa muscular e composição líquida do paciente. E neste ponto, se o percentual de gordura ideal for atingido, o paciente não pode e nem deve forçar a perda de peso, sob pena partir para um prejuízo de perda de massa muscular, desenvolver outras doenças e até colocar em risco as suas condições de saúde.

Abraços:

André Schleich

andre.rs@direito.com.br

Paciente – COM PUCRS

*A imagem ilustrativa deste post retirei do site http://www.obesidadecontrolada.com.br/wp-content/uploads/2011/07/calcular-imc_indice_massa_corporal-300×200.jpg através de pesquisa na internet.
*As informações acima retirei do Grupo “Redução de Estômago” na página do Facebook http://pt-br.facebook.com/groups/reducaodeestomago/doc/296475100376415 através de pesquisa na internet.

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Gastroplastia, Saúde e bem-estar e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s