Quatro Amigas e um Jeans Viajante

Assisti este filme hoje e não pude deixar de postar informações deste filme aqui no blog…

O filme é excelente, com boas atuações e com as personagens principais bem fiéis às do livro, tanto psicologicamente quanto fisicamente….

É claro que como todo filme feito baseado em livro, muitas cenas não puderam aparecer, mas Ken Kwapis soube escolher muito bem quais gravar. Adorei os cenários em que cada uma das 4 amigas passou, principalmente a Grécia, aonde Lena passou o verão.

É um filme que recomendo para todas as idades,desde crianças até adultos… mas minha dica é você ver o filme com seus amigos ou pessoas mais próximas, pois é sobre amizade e
como ela é importante para nós.

Recomendo esse filme e garanto que você irá gostar!

Quatro Amigas e um Jeans Viajante

SINOPSE

Quatro amigas fazem um pacto de permanecerem unidas mesmo quando, nas férias de verão, elas se separam pela primeira vez. Para tanto, elas compram calças jeans que se ajustam perfeitamente nelas. As jovens decidem usar as calças ”mágicas” como uma forma de estaren em contato. Baseado no romance de Ann Brashares.

LOCAIS DE FILMAGEM

  • Ashcroft, British Columbia, Canadá
  • Cabo San Lucas, Baja California Sur, México
  • Coquitlam Centre Mall, Coquitlam, British Columbia, Canadá (Wallmans)
  • Kamloops, British Columbia, Canadá (campo de futebol)
  • Oía, Cyclades, Grécia
  • Santorini, Grécia
  • Vancouver, British Columbia, Canadá
  • White Rock, British Columbia, Canadá (Crescent Beach – casa do pai da
    Carmen)

TRILHA SONORA

“TIME OF OUR LIVES”
Escrita por Paul Van Dyk
Interpretada por Paul Van Dyk
Apresentando Vega 4
Cortesia de Mute Records
Sob licensa de EMI Film & Television Music

“ZORBA THE GREEK”
Escrita por Mikis Theodorakis

“SHHH!”
Escrita por Abe Quintanilla, Luigi Giraldo e Cruz Martinez
Interpretada por Kumbia Kings
Cortesia de EMI Latin
Sob licensa de EMI Film & Television Music

“LA BAMBA”

“I WANT YOU TO KNOW”
Escrita por Chantal Kreviazuk
Interpretada por Chantal Kreviazuk
Produzida por Raine Maida e Chantral Kreviazuk
Chantal Kreviazuk cortesia de Columbia Records/Sony BMG Music Entertainment (Canada) Inc.

“SING”
Escrita por Joe Raposo
Interpretada por With The Quickness

“FUEGO”
Escrita por Jerry Bloodrock, Celite Evans, Richard Fowler, Luigi Girlado, Cruz Martinez, Charles Pettiford, Abraham Quintanilla e Gregory Wigfall
Interpretada por A.B. Quintanilla III y Los Kumbia Kings
Cortesia de EMI Latin
Sob licensa de EMI Film & Television Music

“UNWRITTEN”
Escrita por Natasha Bedingfield, Danielle Brisebois e Wayne Rodriques
Interpretada por Natasha Bedingfield
Cortesia de Epic Records/Sony BMG Music Entertainment (UK) Ltd.
Sony BMG Music Licensing

“HASTA”
Escrita por Todd Bozung e Peter Plath
Interpretada por Dave Van Norden
Cortesia de With the Quickness

“NOTHING CAN BRING ME DOWN TODAY”
Escrita por Todd Bozung e Peter Plath
Interpretada por Jill Stefani
Cortesia de With the Quickness

“CHANGE OF ADDRESS”
Escrita por Todd Bozung e Peter Plath
Interpretada por and Cortesia de With the Quickness

“JUST FOR YOU”
Escrita por William Tell & Mike Green
Interpretada por William Tell

“BLACK ROSES RED”
Escrita por Alana Grace, Michael Hunter Ochs e Jeff Cohen
Produzida por Nick Brophy
Interpretada por Alana Grace
Alana Grace cortesia de Columbia Records

“POR UN RATO”
Escrita por Liendo Alejandro Vezzani
Interpretada por Aroma
Cortesia de Fonovisa Records

“IF GOD MADE YOU (MARK ENDERT REMIX)”
Escrita por John Ondrasik
Interpretada por Five For Fighting
Cortesia de Columbia Records Sony BMG Music Licensing

“LA RECETA”
Escrita por David Thomas
Interpretada por Kemo the Blaxican
Cortesia de Windswept Pacific

“COME BACK AROUND”
Escrita por Todd Bozung and Peter Plath
Interpretada por Jill Stefani
Cortesia de With the Quickness

“NO SLEEP 2NITE”
Escrita por Cheryl Parker e Sara Eker, Mark Taylor & Jeff Taylor
Interpretada por The Faders
Cortesia de Polydor (UK) Ltd.
Sob licensa de Universal Music Enterprises

“CHOREPSE TO TSIFTETELI”
(“Dance the Tsifteteli”)
Escrita por Michaelis Feroussis
Interpretada por Michaelis Feroussis, Jorgos Makrakis e Chronis Mandas

“BE BE YOUR LOVE”
Escrita por John Alagia e Rachael Yamagata
Interpretada por Rachael Yamagata
Cortesia de RCA Victor Sony BMG Music Licensing

“UN ELEFANTE”

“SUN’S GONNA RISE”
Escrita por Shannon Curfman e Dave Bassett
Interpretada por Shannon Curfman

“NOTHING”
Escrita por Marvin Hamlisch e Lawrence Kleban

“SEMPRE LIBERA”
(De “La Traviata”)
Escrita por G. Verdi

“CLOSER TO YOU”
Escrita por Brandi Carlile e Tim Hanseroth
Interpretada por Brandi Carlile
Cortesia de Columbia Records
Sony BMG Music Licensing

“THESE DAYS”
Escrita por John Ondrasik e Chantal Kreviazuk
Interpretada por Chantal Kreviazuk
Produzida por Raine Maida
Chantal Kreviazuk cortesia de Columbia Records/Sony BMG Music Entertainment (Canda) Inc.

“WEDDING MARCH”
Escrita por R. Wagner

CRÍTICA

Embora seja bastante divertido, é excessivamente manipulador e irritantemente
piegas.

Por Alexandre Koball

Espécie de versão juvenil do pequeno sucesso Divinos Segredos (se você não conhece não se culpe, o filme é ruim), Quatro Amigas e um Jeans Viajante é mais uma tentativa frustrada de Hollywood de criar um filme super-sentimental a partir de situações
corriqueiras, aqui explorando a vida de quatro jovens do sexo feminino, que possuem distintas personalidades entre si e no mundo real dificilmente poderiam ser amigas. Mas, claro, no mundo da imaginação do cinema isso é não só possível, como provável, principalmente quando encontram um jeans aparentemente mágico que serve em todas elas com o mesmo caimento, ainda que seus pesos e alturas sejam bastante diferentes.

O que o jeans representa é óbvio e altamente pretensioso: a amizade e a união entre as quatro inseparáveis amigas que terão que se separar pela primeira vez – todas de uma só vez; um elo entre as quatro enquanto estas estiverem vivendo diferentes aventuras em um verão qualquer. Ainda que seja forçado o fato de as amigas, tão diferentes em caráter e em gostos, serem inseparáveis, isso acaba criando quatro mundos distintos, e quatro histórias desigualmente interessantes.

Vejam só: temos duas amigas vagabundas e mimadas, cujos problemas limitam-se a conseguirem ou não um novo namorado (embora haja um mau disfarce existencialista nisso tudo); e duas outras com problemas mais maduros e complexos: uma delas vê em uma garotinha com leucemia a chance de se transformar em uma pessoa melhor; a outra finalmente tem a chance de enfrentar discussões com seu querido pai assim que passa por uma crise de ciúme quando este apresenta-lhe sua nova esposa e seus filhos. Essas quatro histórias altamente tendenciosas e manipuladoras são deveras divertidas; embora a história das duas amigas vagabundas (na Grécia e no acampamento feminino) sejam infinitamente mais previsíveis e desinteressantes.

O acerto do roteiro foi intercalar essas quatro histórias ritmicamente de forma que, assim que alguma deles comece a ficar enfadonha, ela seja cortada para um novo ponto na aventura de outra das amigas. Essa montagem, embora convencional e uma solução previsível para o roteiro, dá energia ao longa e faz com que sua duração acima da média não seja ponto negativo. O filme começa absolutamente desastroso ao mostrar uma historinha totalmente piegas de amizade na adolescência, mas logo ganha qualidade ao saber dosar clichês com cenas divertidas na medida certa.

Infelizmente, perto do final as soluções tornam-se óbvias demais, além de irritantemente desprezíveis (como o cão que sente o namorado de Bridget – Blake Lively – chegando e entrega-lhe o jeans no meio da rua, de forma quase mágica), numa tentativa de satisfazer o seu óbvio público-alvo: mocinhas adolescentes. É bem verdade que as intenções foram boas (assim como aconteceu no também desprezível Um Amor para Recordar), mas o filme é tão manipulador que não se pode ignorar esse fato como uma forte negativa.

Todas as mensagens e lições que Quatro Amigas tenta passar já foram colocadas tantas vezes, de formas melhores, piores, ou mesmo das mesmas formas, que fica difícil também ignorar a falta de coragem do filme em ir um passo além. O filme cria um ar de auto-importância tentando lidar com assuntos como a morte e a separação, porém as soluções são, como já foi comentado, óbvias ou mágicas, que fica impossível não rir e desmerecer suas intenções. No final é apenas um conto-de-fadas e nada mais. Um conto-de-fadas para um público bem restrito, diga-se de passagem.

Conheça cinco curiosidades sobre ‘Quatro Amigas e um Jeans Viajante’

quatro amigas e um jeans viajante (Foto: Reprodução/Divulgação)Na foto: America Ferrera, Amber Tamblyn, Alexis Bledel e Blake Lively em ‘Quatro Amigas e Um Jeans Viajante’ (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira, 27, a Rede Globo exibiu na Sessão da Tarde, o filme “Quatro Amigas e um Jeans Viajante”, protagonizado por Alexis Bledel, Amber Tamblyn, America Ferrera e Blake Lively, rostos bem conhecidos no mundo das séries americanas. E para os fãs da história das amigas, que apesar de distantes, ficam unidas através de uma única calça jeans, aqui vão cinco curiosidades sobre a produção:

quatro amigas e um jeans viajante (Foto: Reprodução/Divulgação)
Blake e Ernie Lively em cena. Parecidos?
(Foto: Divulgação)

Tal pai, tal filha

Sabe quem interpreta o pai da Bridget, personagem da atriz Blake Lively,  no filme? Acertou quem respondeu Ernie Lively, o próprio pai de Blake na vida real!

quatro amigas e um jeans viajante (Foto: Reprodução/Divulgação)
Alexis Bledel suou a camisa para viver Lena
(Foto: Divulgação)

Preparação

Alexis Blebel passou por uma espécie de cursinho para viver a tímida Lena. A atriz teve aulas de mergulho e também de desenho, além de aprender a pilotar Vespas e até utilizar mulas como meio de transporte.

quatro amigas e um jeans viajante (Foto: Reprodução/Divulgação)
Amber levou a melhor e ficou com Tibby
(Foto: Divulgação)

Não rolou

Segundo o diretor Ken Kwapis, Hilary Duff tinha interesse em interpretar a personagem Tibby, mas o papel acabou nas mãos de Amber Tamblyn.

quatro amigas e um jeans viajante (Foto: Reprodução/Divulgação)
Quarto de Tibby foi montado em estúdio
(Foto: Divulgação)

Imprevisto

Menos de uma semana antes das filmagens começarem, os proprietários da casa onde Tibby moraria desistiram de ceder o local e a produção precisou arrumar uma nova locação para a cena da sala de estar e o quarto da personagem foi montado em um estúdio.

quatro amigas e um jeans viajante (Foto: Reprodução/Divulgação)
O filme foi rodado no Canadá, Grécia e México
(Foto: Divulgação)

Por falar em estúdio…

As cenas em que Tibby e Bailey conversam sob as estrelas e a que Lena fica presa no fundo do mar foram filmadas em estúdio. O motivo? Como a maioria do filme foi rodada no Canadá, gravar em estúdio salvou os atores de enfrentarem o frio das noites canadenses. Além do Canadá, “Quatro Amigas e Um Jeans Viajante” também filmou na Grécia e no México.

TRAILER

*A imagem ilustrativa deste post retirei do  site http://cf1.imgobject.com/posters/31c/4c79f8d25e73d613d500031c/the-sisterhood-of-the-traveling-pants-original.jpg através de pesquisa na internet.
*A sinopse do filme retirei do site http://www.epipoca.com.br/filmes_detalhes.php?idf=10628 através de pesquisa na internet.
*Os locais de filmagem do filme retirei do site http://www.epipoca.com.br/filmes_filmagem.php?idf=10628 através de pesquisa na internet.
*A trilha sonora do filme retirei do site http://www.epipoca.com.br/filmes_trilha.php?idf=10628 através de pesquisa na internet.
*A crítica do filme retirei do site http://www.cineplayers.com/critica.php?id=868 através de pesquisa na internet.
*As cinco curiosidades do filme retirei do site http://redeglobo.globo.com/novidades/filmes/noticia/2011/10/conheca-cinco-curiosidades-sobre-quatro-amigas-e-um-jeans-viajante.html através de pesquisa na internet.
*O trailer do filme retirei do site http://www.youtube.com/watch?v=ybmkHvpABR0 através de pesquisa na internet.

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Cinefilia/Cinéfilo e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Quatro Amigas e um Jeans Viajante

  1. sabrina neves disse:

    adorei esse filme fiquei muito apaixonado pelo filme que tava querendo ir pra Grécia que também foi um dos cenário do filme que mais gostei mas minha mãe nao pode me levar queria comemorar meus 15 anos conhecendo os personagem do filme principalmente o costas que foi o ficante da lena amei muito esse filme seria um sonho conhecer todos que participaram . e si eu fosse a diretora do filme programaria 4 amigas e uma jeans viajante esta de volta . que seria o terceiro filme ……nao liquei pra criticas amei amei mesmo beijoss de sabrina neves .

  2. sara silva disse:

    eu adorei quando vi pela primeira vez espero ver de novo muito bjss para os atores adorei tudo.Cena tudo tudo bom trabalho para o direto le foi um maximo meu a cena que mas curti foi na Grécia amei o costa aíii meu deus fez um par lindo com a lena queria conhecer eles de perto foi um maximo PARABENS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s