Que delícia: Hoje é o Dia Nacional da Pizza!

É dia de pizza!

Dia 10 de julho comemora-se o Dia Nacional da Pizza. Que delícia!

por Clara Reis

São várias as versões sobre a origem da pizza: alguns dizem que a iguaria foi invenção dos egípcios (que misturavam farinha com água), outros creditam o pioneirismo aos gregos (que faziam massa à base de farinha de trigo, arroz ou grão de bico) mas foi em Nápoles, na Itália, que surgiu a pizza como conhecemos hoje. E já que neste sábado, 10 de julho, tem o Dia Nacional da Pizza – oba! – que tal saber mais?

A pizza, que atualmente é uma das maiores manias gourmet nacionais, chegou às terras brasileiras apenas no século XX, por meio dos imigrantes italianos – é claro. Foi no bairro paulistano do Brás que as primeiras pizzas do país saíram do forno. Não à toa, ainda hoje a cidade de São Paulo é conhecida por abrigar os melhores endereços para se degustar uma boa pizza no Brasil. Com direito a massa, molho, queijo, tomate, orégano e outros tantos ingredientes, a receita é mesmo uma fórmula de sucesso e cai bem em qualquer ocasião.

Então reúna a turma, delicie-se e comemore – hoje e sempre!

Dia da pizza: saiba deixá-la mais saudável

Substitua alguns itens e incremente outros para ganhar pontos com nutrientes

por Letícia Gonçalves

Saborosa e de aroma irresistível, a pizza combina ingredientes que, além de apetitosos, podem ser fonte de nutrientes importantes ao organismo. No entanto, por ser rica em carboidratos e gorduras, precisa ser ingerida com moderação. Para comemorar o dia 10 de julho, exclusivamente dedicado a esse presente da culinária italiana, aproveite sugestões para deixar a sua pizza ainda mais saudável, com informações das nutricionistas Denise Zitti, gerente do Departamento de Segurança Alimentar da rede Patroni Pizza, Gabriela Fregolente, especialista em nutrição funcional e Fernanda Amparo, do Spa Kauai.

Pizza saudável - Foto: Getty Images

Escolha os sabores aliados da saúde
Segundo a nutricionista Fernanda Amparo, as opções de pizzas saudáveis são aquelas que apresentam queijos brancos, rúcula, brócolis, tomate, champignon, palmito, vegetais em geral, frango, atum e bordas sem recheio.

Já os sabores que devem ser consumidos com ainda mais moderação são: bacon, quatro queijos, carne seca, strogonoff, lombo, queijo cheddar, ovo, ovo com bacon, entre outros. “São opções que apresentam valor calórico elevado, além de muita gordura saturada e colesterol, presente na gordura animal”, explica a nutricionista.

Compare os valores calóricos de uma fatia de 150g:

Pizza de atum – 290 calorias
Pizza de mussarela e tomate seco – 449 calorias
Pizza de mussarela – 393 calorias
Pizza portuguesa – 329 calorias
Pizza quatro queijos – 385 calorias
Pizza de calabresa – 400 calorias
Pizza de presunto – 333 calorias
Pizza de lombinho com catupiry – 322 calorias
Pizza romana – 417 calorias
Pizza de rúcula – 207 calorias

Pizza com peixe - Foto: Getty Images

Pizza com carne vermelha, frango ou peixe?
Peixe. A nutricionista Fernanda Amparo afirma que o peixe é muito nutritivo e deveria estar sempre na alimentação. “O peixe é rico em proteínas, como qualquer outra carne, e ainda tem grande quantidade de minerais, entre eles cálcio, fósforo, iodo e cobalto”, conta a profissional, que ainda lembra que esse alimento é fonte de vitaminas A, B e D.

Azeitonas - Foto: Getty Images

Evite abusar das azeitonas e da borda de catupiry
Para ficarem conservadas, elas possuem grande quantidade de sódio, que é o inimigo de quem tem pressão alta e hipertensão. No entanto, há benefícios ao consumi-las com moderação, já que essas companheiras inseparáveis da pizza apresentam ácidos graxos saturados, que regulam o colesterol.

Já as bordas com recheio de catupiry representam uma maior quantidade de calorias, o que faz a pizza ficar ainda mais calórica. “O ideal é pedir pizzas com bordas sem recheio e com o gergelim, pois é um alimento rico em cálcio”, aconselha a nutricionista Fernanda Amparo.

Salada com pizza - Foto: Getty Images

Sirva a pizza com uma salada verde de acompanhamento
Os vegetais são ricos em fibras e ajudam a garantir uma maior sensação de saciedade, diminuindo a chance de você exagerar na quantidade de pedaços de pizza.

“As folhas estimulam mais a mastigação, fazendo com que a pessoa demore mais tempo para comer”, conta a nutricionista Gabriela Fregolente, que explica que o cérebro demora por volta de 20 minutos para informar que estamos satisfeitos. “Por isso, se você comer muito rápido e antes desse tempo, sentirá que não comeu o suficiente”, conta.

A nutricionista Denise Zitti ainda lembra que as folhas da salada deixam a refeição mais nutritiva, já que são ricas em beta-caroteno, vitamina C, cálcio, ferro e potássio. “As alfaces e outras verduras de coloração mais intensa também contêm um alto teor de bioflavonoides, pigmentos vegetais conhecidos por trabalharem com a vitamina C e outros antioxidantes para prevenir danos às células causadoras de câncer”, afirma.

Massa de pizza - Foto: Getty Images

Faça a massa em casa!
Você pode abusar de ingredientes mais saudáveis. A nutricionista Denise sugere incluir a farinha integral. “Ela contém mais antioxidantes que o trigo refinado e traz diversos benefícios, como diminuição dos riscos de câncer, pressão alta e arteriosclerose; regulação do nível de açúcar no sangue e controle da taxa de colesterol e diabetes”, explica a profissional.

A nutricionista também conta que um estudo da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, indica que, se a massa da pizza fermentar e for assada por mais tempo, aumenta a produção de antioxidantes, moléculas que podem diminuir e até impedir o câncer e doenças cardíacas.

Queijo da pizza - Foto: Getty Images

Cuidado com o queijo
Quando mais amarelo, mais gorduroso. A nutricionista Denise Zitti conta que mussarela, parmesão e provolone – por exemplo – são mais gordurosos e calóricos que queijo branco, cottage, requeijão e mussarela de búfala. Por isso, vale dar preferência a esse segundo grupo.

Denise ainda dá destaque à mussarela de búfala, fonte de vitamina A e feita de leite de búfala que é totalmente branco, pois não contém caroteno, diferente do leite bovino que é levemente amarelado. “O leite de búfala possui 43% menos de colesterol, 58% mais de cálcio e 40% mais de proteína do que o leite de vaca”, ressalta a nutricionista.

No entanto, o mais tradicional sabor de pizza – de mussarela – não precisa ser banido do cardápio. Basta comer com oderação.  Até porque o queijo traz benefícios ao organismo. “Os queijos estão no terceiro grupo, pois são alimentos construtores, ricos em proteínas, ferro, zinco e cálcio, que são indispensáveis para o fortalecimento dos nossos ossos”, explica a profissional.

Molho de tomate - Foto: Getty ImagesPrefira molho de tomate caseiro
É a melhor opção. O molho feito em casa, de acordo com a nutricionista Gabriela Fregolente, tem mais nutrientes e está livre dos conservantes presentes na opção industrializada.

A nutricionista ainda lembra que o tomate é vantagem na certa para a saúde: rico em licopeno, antioxidante que ajuda a combater os radicais livres, prevenindo o envelhecimento das células. “Estudos comprovam a sua importância na prevenção de cânceres, sobretudo o câncer de próstata”, conta Gabriela, que ainda sugere dar preferência ao tomate cozido do que cru, para aumentar o aproveitamento desse antioxidante.

Pizza com vários ingredientes - Foto: Getty ImagesUse a criatividade
Incremente “recheios” mais saudáveis na sua pizza. A nutricionista Gabriela recomenda brócolis, abobrinha, champignon, shimeji, carpaccio, entre muitas opções.

Outra sugestão, da nutricionista Denise, é o atum, que é uma importante fonte de proteínas (fundamentais para a nossa estrutura muscular), vitaminas (A, B e D), lipídios (Ômega 3) e sais minerais (magnésio, cálcio e fósforo que fortalecem os ossos). “É considerado um dos alimentos mais complexos que existem”, conta.

Tempero da pizza - Foto: Getty ImagesNão se esqueça dos temperos
Os tradicionais temperos – azeite e orégano – já fazem muito bem à saúde. “O orégano contém vitaminas e minerais que atuam como antioxidantes, retardando o envelhecimento, prevenindo alguns cânceres, diminuindo as dores abdominais e ajudando no tratamento de úlceras”, conta a nutricionista Denise. Já o azeite de oliva tem gorduras monoinsaturadas, que ajudam no controle do colesterol.

A dica para deixar a pizza ficar ainda mais nutritiva e saborosa, segundo a nutricionista Gabriela, é acrescentar ainda mais opções, como alho – com função bactericida -, alecrim – um remédio natural contra gastrite -, manjericão – rico em vitaminas – e gergelim – rico em lecitina que ajuda no controle do colesterol.

Experimente uma pizza sem glúten

Experimente uma pizza sem glúten

Pessoas que têm intolerância ao glúten (celíacos) ou o excluíram da alimentação diária vivem em busca de receitas que não levem o ingrediente. É uma tarefa difícil, já que o glúten é encontrado em alimentos como trigo, aveia, cevada, centeio e malte, que entram na composição de massas, pães, biscoitos, bolos, tortas, pizzas, molhos, temperos e até de bebidas, como as cervejas.

Testei uma receita de pizza sob medida para os celíacos. A aparência fica um pouco diferente da convencional, com um aspecto bem rústico. Mas não me incomoda, pelo contrário, acho um charme esse ar artesanal, de feito em casa.

Confira:

Pizza sem glúten de vegetais

Ingredientes massa:

  • 1 copo de água
  • 1 colher de sobremesa de semente de gergelim
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de chá de fermento químico
  • 1 xícara de farinha sem glúten (FSG)
  • 1 clara de ovo

Preparo:

Bata a água, o gergelim, a farinha, o fermento e o sal no liquidificador por um minuto. Junte a clara e bata bem. Coloque numa forma de pizza untada, ou coberta com papel manteiga. Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 10 minutos. Retire do forno e coloque o recheio.

Ingredientes Recheio:

  • 1 abobrinha pequena
  • 1 cenoura pequena
  • 1/2 pimentão amarelo
  • 1 cebola pequena
  • 1 colher de chá rasa de açafrão
  • Pimenta do reino à gosto
  • 1 pitada de sal marinho
  • Cebola desidratada (se quiser)

Preparo:

Cozinhe levemente na wock ou no vapor os legumes cortados em tirinhas ou ralados, temperados com o açafrão e pimenta do reino. Retire do fogo, e coloque sobre a massa. Salpique cebola desidratada por cima.Leve a massa ao forno por mais 10 minutos. (Rende 1 forma de pizza média)

Dicas:

  • O prato do microondas funciona como uma ótima forma de pizza.
  • Experimente com outros recheios, como mix de cogumelos ou palmito com
    alho-poró e espinafre.

Se deseja saber mais sobre a doença celíaca e alimentos que contém glúten acesse o site www.riosemgluten.com

*As informações sobre o “Dia Nacional da Pizza” retirei do site http://msn.bolsademulher.com/familia/e-dia-de-pizza-101819.html através de pesquisa na internet.
*As informações “Dia da pizza: saiba deixá-la mais saudável” retirei do site http://msn.minhavida.com.br/conteudo/13503-Dia-da-pizza-saiba-deixala-mais-saudavel.htm?ordem=9 através de pesquisa na internet.
*A receita de “pizza sem glúten” retirei do site http://entretenimento.br.msn.com/astrologia/artigo.aspx?cp-documentid=26044779 através de pesquisa na internet.
Anúncios

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Comidas e bebidas, Datas Comemorativas e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s