A Cura

Ontem assisti o último episódio do seriado "A Cura"… abaixo informações sobre a série…
 
A Cura
 
A história

A história do seriado se inicia com a volta de Dimas Bevilláqua a Diamantina, um antigo morador da cidade mineira. Quando criança, Dimas deixou a cidade com sua mãe, Margarida, por um episódio não esclarecido, pois foi acusado de ter causado a morte de um colega de infância. Por conta de tal episódio, Dimas quando foi embora de Diamantina foi educado em um colégio interno em São Paulo. Neste tempo, Dimas passou por várias instituições psiquiátricas, e finalmente conseguiu se formar em Medicina. Após vinte anos, ele retorna a Diamantina para fazer as pazes com seu passado e encarar seu destino.

Dimas é um cirurgião considerado rei dos diagnósticos difíceis. E, em sua volta para sua cidade natal, vai descobrir em si uma capacidade curativa que foge à ciência. Para muitos dos moradores locais, ele logo será considerado uma espécie de "curandeiro". Para outros, um assassino, repetindo um episódio dramático da vida da cidade décadas atrás, quando um antigo médico – Otto -, também uma figura polêmica, era chamado por uns de santo e por outros, de criminoso.

Dimas vai trabalhar no hospital mais importante da cidade, dirigido há mais de 30 anos pelo Dr. Turíbio Guedes. No emprego, ele reencontra a Dra. Rosângela, amiga de infância e filha de Turíbio e Graciema, que é noiva do Dr. Luís Camillo, com quem namora há sete anos. Em pouco tempo, o dom que ele tanto luta para não ter vem à tona. Dimas é capaz de curar pacientes como não conseguiria mesmo com a medicina mais moderna. Mas esses mesmos pacientes aparecem mortos logo depois, gerando um profundo mistério na trama.

A saga deste mineiro tem origem longínqua. No século XVIII, Silvério, antepassado de Dimas e de sua família, chega na região atrás de ouro e diamantes. E, para conquistar seus objetivos, é de uma crueldade sem limites. Silvério maltrata escravos, engana oficiais da coroa, mas também acaba sofrendo as consequências de seus atos. É protagonista de uma jornada de dor e desespero após ser amaldiçoado por um pajé de uma aldeia proxima por uma doença do espírito, o que o levará a encontrar um menino: Ezequiel, conhecido na região como um pequeno curandeiro.

João Emanuel Carneiro: ‘No fim de A Cura, passado e futuro se entrelaçam’

Autor faz mistério sobre o fim de Dimas e quer continuação da série em 2011

 

Sucesso de críticas, a série A Cura acaba chega ao final nesta terça-feira, dia 12, e para descobrir os mistérios do último capítulo fomos na fonte e entrevistamos o autor da trama João Emanuel Carneiro. O moço fez jogo duro com os mistérios e mostrou entusiasmo em continuar com a série no ano que vem.

A grande revelação do episódio será por que os espíritos de Dimas (Selton Mello) e Otto (Juca de Oliveira) continuam ligados através dos séculos como uma penitência. E quais serão seus repectivos destinos.

– No último capítulo, as histórias do passado e do presente vão se entrelaçar – adianta João Emanuel Carneiro.

Quando perguntamos se o personagem Dimas vai conseguir se livrar da acusação de ter matado Graciema (Ana Rosa) e finalmente ter paz, o autor não entrega o jogo e diz que os telespectadores vão ter que esperar o último capítulo terminar para saber se ele finalmente vai parar de ser atormentado.

Dimas (Selton Mello) terá que provar sua inocência no último capítulo
(Foto: Alex Carvalho / Divulgação TV Globo)
 

Já sobre um fim trágico para o grande vilão da trama, Otto, o autor diz que "a vida dele já é uma tragédia". E não revela o destino que reservou para o falso curandeiro.

Álvaro Chaer chamou a atenção do autor 
(Foto: Renato Rocha Miranda / TV Globo)
 

Além da história e da direção terem sido muito elogiados, a interpretação também foi unânime. João Emanuel disse que adorou todas e uma em especial chamou a sua atenção, a do ator Álvaro Chaer, que estreou como Wesley.

Indagado sobre os elogios que os críticos fizeram à série, ele atribuiu o sucesso ao tema e a forma da narrativa.

– A Cura foi uma aposta ousada de seriado. Primeiro, porque trata de um tema quase inusitado na ficção audiovisual brasileira de forma séria, o sobrenatural, o fantástico, no caso, o curandeirismo. Depois, pelo seriado ser uma narrativa contínua, exibido uma vez por semana. Acho que o sucesso do seriado está justamente nessa ousadia – afirma o autor.

Perguntado sobre sua estreia como autor principal de série, ele diz que adorou a experiência e que espera repeti-la. Quanto a possibilidade de uma segunda temporada de A Cura no ano que vem, recebemos um "tomara que sim" e ficamos na torcida.


*A imagem ilustrativa deste post retirei do blogspot https://maryalcantaras.files.wordpress.com/2010/10/acura.jpg?w=300 através de pesquisa na internet.

*As informações sobre o seriado "A Cura" retirei do site http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Cura_(seriado) através de pesquisa na internet.

*A entrevista com o autor da série retirei do site http://redeglobo.globo.com/novidades/series/noticia/2010/10/joao-emanuel-carneiro-no-fim-de-cura-passado-e-futuro-se-entrelacam.html através de pesquisa na internet.

*Mais informações da série no site http://mapa.acura.globo.com/

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Seriados e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para A Cura

  1. Noiva disse:

    Os autores estão é de parabéns, por criar um conteúdo de qualidade num formato diferenciado. Eu adorei o final, principalmente por saber que vai continuar. Otto continua vivo e amaldiçoado; Dimas precisa provar sua inocência e vamos descobrir o que aconteceu com Rosângela.A existência de uma segunda temporada de A Cura é uma exigência moral que a Globo e os autores não podem jamais deixar de cumprir. E tenho dito!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s