Eles não mereciam isso! As maiores injustiças das séries…

Eles não mereciam isso!
Escrito por Leandro Lemella em 23 de agosto de 2010

“Quem comete uma injustiça é sempre mais infeliz que o injustiçado” (Platão)

Para quem não sabe, hoje, dia 23, é o dia da injustiça. Ela que assola a vida de todos uma hora ou outra, tem seu próprio dia, dia este em que paramos para relembrar o que já nos aconteceu e pensar o quão isso pesou para as nossas vidas. E seguindo o conceito de mimesis, onde a arte imita a vida, por mais distante, ou perto, que a realidade dos nosso seriados preferidos estejam da nossa realidade, não havia como a injustiça fugir das tramas de nossos personagens.

Seguindo esse espírito de lembranças, a equipe do ‘Apaixonados por Séries’ escolheu algumas das injustiças que aconteceram para os nossos personagens e quão impactante isso foi para as respectivas tramas. Confira agora a nossa opinião!

Marissa e Ryan expulsos de Harbor (The OC)

Trey chegou abalando as estruturas no seriado. O irmão de Ryan, depois de atormentar da família Cohen, levou Marissa a loucura quando tentou forçar sexo com a garota. Tudo isso culmina no final de temporada em que Marissa, na tentativa desesperada de salvar Ryan, dá um tiro em Trey. A comunidade de OC, hipócrita do jeito que é, logo arruma um jeito de mostrar a garota que eles não aceitavam sua atitude, fazendo um abaixo assinado para retirá-la do seu último ano letivo em Harbor. Sem ter como concertar isso, os amigos tentam em vão fazer um protesto. Nada funciona. Ryan, então, querendo aumentar o animo da garota, a leva para a festa da escola. Infelizmente o reitor estava na mesma e num ataque de fúria, os expulsa da festa e ainda provoca Ryan ao ponto do garoto socá-lo, causando sua expulsão da escola também.

Com tudo isso, Marissa sofre demais na sua nova escola pública, no convívio e na hora de fazer amizades. Além disso, a distância do dia a dia a separa aos poucos de Ryan e a aproxima de  seu novo amigo, Johnny , o que culminará num longo drama para a vida dos adolescentes de OC.

Burke abandona Cristina do altar (Grey’s Anatomy)

O relacionamento de Cristina e Burke sempre foi muito conturbado. Ele era seu Deus da Cardio, inspiração que a fazia querer sempre mais. Ele, via nela uma fuga da rotina. Alguém que poderia desafiá-lo. O pedido de casamento rolou meio que do nada e ela aceitou por impulso. Todos os preparativos soavam forçados demais e aquela coisa de cerimônias realmente não era a cara de Cristina. O dia do casamento chegou, damas de honras prontas, pessoal sentado esperando a entrada da noiva e de repente chega a notícia: o noivo não irá aparecer.

Cristina fica arrasada. Meredith, seu ponto de apoio, vai com a amiga para a lua de mel e tenta fazê-la esquecer o trágico dia. Mas não tem como esquecer algo do tipo. Burke nem dá as caras para explicar seus motivos, manda seu recado por Derek. Querendo ou não, isso fecha o coração de Cristina para o amor, que depois de tudo isso, não consegue mais se entregar tão fácil nos braços de outro homem. Baita injustiça cometida com a nossa querida residente.

Ben mata Locke (Lost)

Que Ben é o tipo de cara que não se pode confiar, isso dá pra ver nos olhos do pilantra. Ele claramente não vê limites para alcançar seus objetivos, então todos não passam de obstáculos a serem superados. E assim foi com Locke. Encontrando o careca em um momento de extrema fragilidade, Ben por meio de sua persuasão infalível retira todas as informações que julga importante da boca de Locke e  então, com toda sua maestria, executa o careca, enforcando-o. Claro que a culpa não recairia em suas costas, por isso simula tudo de modo a quem encontrasse supo-se um suicídio.

O primeiro impacto disso é o uso do corpo de Locke na volta dos ‘losties’ para a ilha, uma forma de substituir o antigo corpo do sr. Shepard no voo 815. Depois, isso acarreta na transformação de Locke em Man in Black (vulgo capeta da ilha), que faz parte de todo o arco que conta a historia de briga entre os irmãos que moravam naquela tão distinta ilha. Assim sendo, a morte de Locke é injusta (porém ‘necessária’), mas para a grande parte da massa de fãs de Lost é o ponto aonde a sua decadência começa.

Ross ter ficado com outra enquanto dava um tempo com Rachel (Friends)

No meio da terceira temporada de Friends, Rachel está muito envolvida com seu trabalho e acaba por não dar toda a atenção que Ross necessitava. Ross, por sua vez, não sabe ser compreensivo com a fase workaholic dela e acaba sendo inconveniente: mesmo com as advertências de que estaria atrapalhando, leva uma cesta de picnic para o escritório de Rachel, tentando desesperadamente comemorar o aniversário de namoro. O que era pra ser um gesto de romantismo se transforma em briga e declarações de ciúmes. No calor da discussão, Rachel pede um tempo. Ross sai pra beber e no meio da noite resolve ligar para Rachel. Ele então escuta a voz de Mark, amigo de Rachel, enquanto fala com ela. Por causa de ciúmes sem fundamento, ele fica com outra pessoa. No dia seguinte, Rachel, sem saber de nada, liga pedindo pra voltar com Ross. Ele não sabe se conta ou não do acontecido, mas isso acaba não sendo escolha dele. A história chega aos ouvidos de Gunther e ele conta tudo a Rachel. Então vem a cena final de discussão e término do namoro deles, que ainda faz muito fã chorar.

O mais injusto disso tudo é que não aconteceu nada entre Rachel e Mark. Os ciúmes de Ross eram totalmente sem sentido e o fato de ele ficado com a menina do Xerox, por pura revanche, estragou um dos relacionamentos que mais teve torcida por parte dos fãs na história das séries! Ross e Rachel não acabam por aí, mas depois dessa triste parte da história do casal, as coisas não foram mais como antes, e demorou muito tempo para que eles conseguissem finalmente se perdoar e admitir que ainda se gostavam. Entre os outros amigos também houve uma fase estranha, porque é difícil não tomar partido nesse tipo de situação.

Alicia é traída em The Good Wife

Alicia (Julianna Margulies) era uma esposa e uma mãe exemplar, mas mesmo assim não escapou de ser traída pelo marido com prostitutas de luxo e de ver a sua vida e a vida dos filhos expostas nos jornais, na internet e em programas sensacionalistas de TV, que recontavam a história da traição sem parar. Como se isso não bastasse, teve ainda que deixar a vida de conforto que levava com os filhos, voltar ao mercado de trabalho e à concorrência desleal dele depois de anos parada, aceitar a ajuda da sogra resmungona e colaborar com o julgamento do marido. Acha pouco? Então após o marido ter conseguido a liberdade condicional, Alicia se viu obrigada a aceitá-lo em casa novamente e a conviver com a equipe de advogados e marqueteiros políticos dele. Foi ou não uma grande injustiça com a Good Wife?

No final das contas ela acabou usando das armas que tinha e até conseguiu tirar proveito de algumas situações, fazendo do limão uma bela limonada: hoje é advogada associada da Lockhart & Gardner, tem o colega e amigo de infância Will apaixonado por ela, o marido está totalmente arrependido e dependente dela e o melhor de tudo: Alicia agora comanda a própria vida.

Expor a Barb no Concurso de Melhor Mãe de Utah (Big Love)

Os personagens de Big Love tem uma vantagem sobre os demais. Ou então é apenas fanatismo ocultando a verdade. Enfim, brincadeiras a parte, a maior parte do elenco regular da série consegue ser “bonzinho” ao mesmo tempo que faz maldades ou coisas do tipo. Bill é exemplo claro disso, sempre tentando dar o golpe no sogro e no cunhado. Porém, Roman Granty, pai de Nickie, faz uma das piores maldades possíveis à uma família polígama-no-armário, por assim dizer. Barb, a mulher mais velha de Bill, é uma das três colocadas no concurso de Melhor Mãe de Utah. Roman faz uma denúncia à organização do evento e é eliminada ali, no palco, na cerimônia de decisão do prêmio.

Para a história, um bom tempo depois, pode ser considerada com uma das fagulhas que mais ajudaram a corrobar com a ideia fixa de Bill em expor a família toda. Depois de ter sido eleito, Bill apresentou cada uma de suas esposas à imprensa, introduzindo o mundo ao poligamismo praticado pela família. E nem todo mundo estava preparado, no mesmo barco: Barb, principalmente, não tinha mais certeza nem de que aceitava mais a ideia da poligamia. Para a personagem, na época do acontecido no concurso, foi um momento traumático. Ela, como no final da última temporada, colocou em análise a opção que havia escolhido pra vida. No passado, enfim, ela voltou ao eixo e reintegrou-se à família. Agora, só saberemos em janeiro, quando a série começar a exibir novos episódios.

Dawson estar com alguém quando finalmente dormiu com Joey (Dawson’s Creek)

Como todo bom fã de Dawson’s Creek sabe, Dawson e Joey são retratados como almas gêmeas. Aquele amor de infância puro, inocente…Os dois só assumem um namoro na segunda temporada do seriado e durante o período em que ficam juntos, ficam entre beijos, abraços, carinhos… mas nada de sexo. O relacionamento passa por problemas, Joey inclusive tenta dormir com o rapaz na premiere da 3ª temporada, mas nada acontece. A garota engrena um relacionamento com Pacey, o tempo passa e só no final da 5ª temporada é que Dawson e Joey voltam a ter algo. Na 6ª temporada, a tão esperada transa entre eles acontece.

O problema inteiro é que, na época em que dormiu com Joey, Dawson já tinha uma namorada, Natasha. É claro que ele e Joey não eram mais aqueles adolescentes ingênuos e que ambos já tinham até mesmo feito sexo com outra pessoa… mas foi injusto para Joey não só por dormir com um cara que estava com outra, mas também porque esse alguém era, na teoria, seu primeiro amor e aquele momento era visto (por ela e também por ele) como o ápice, a concretização do sentimento que, segundo os fãs, sempre existiu e só estava adormecido. Algo que muitos esperaram por 6 temporadas e que, quando veio, só concretizou mesmo o fim do casal. Depois do acontecimento, nunca mais vimos Dawson e Joey juntos. Pelo menos não no sentido romântico.

Dan atirar em Keith (One Tree Hill)

Todo fã de One Tree Hill sabe que um dos muitos sobrenomes apropriados para Dan Scott poderia muito bem ser injustiça. O cara infernizou a vida de quase todos os personagens e não foram poucas as vezes em que fez isso injustamente. Mas nenhuma injustiça foi maior do que aquela presenciada na 3ª temporada. Dan, movido por um pensamento errôneo de que Keith tentara lhe tirar a vida, atirou a sangue frio no próprio irmão, matando-o. Não foi somente a maior injustiça cometida pelo Scott-pai, como também facilmente a maior de toda One Tree Hill.

Não há como negar que a morte de Keith pelas mãos do irmão foi um fator decisivo na trama do seriado. Karen e Lucas sofreram por muito tempo, Jimmy (que havia se suicidado) acabou levando a culpa do assassinato e uma onda de tristeza se alastrou pela série. Tree Hill nunca mais foi a mesma e Dan Scott também não, já que assim que descobriu que o irmão não tinha feito nada do que pensava, martirizou-se por muito tempo. E quando tudo veio a tona e Dan amargou a cela de uma prisão, recebeu um dos piores castigos que o ser humano pode receber: A solidão.

Chuck usar Blair para recuperar seu hotel (Gossip Girl)

Nem mesmo o casal mais querido do Upper East Side conseguiu manter o seu relacionamento ileso desse sentimento. Blair e Chuck passaram por muitas coisas para ficar juntos e quando assumiram o namoro, sempre estavam se ajudando – mesmo que a maneira deles. Mas quando Chuck leva o golpe de Jack, na reta final da 3ª temporada, as coisas mudam de figura. O rapaz perde seu hotel milionário e Blair, querendo ajudar o namorado, acaba cedendo a chantagem que Jack lhe faz. Usa um deslumbrante vestido, flerta e, por pouco, não dorme com o tio de seu amor. O golpe maior vem depois: Tudo fazia parte de um plano armado por Jack e… Chuck!

Isso mesmo. O rapaz usou a namorada da forma mais injusta que poderia – como “mercadoria de troca”. Nada chegou a acontecer, mas ficou provado que, se preciso, Chuck deixaria a namorada dormir com o tio em troca do hotel. Como não poderia ser diferente, Blair fica irada. Grita, esperneia, dá-lhe um belo tapa na cara, afirma que confiou em Chuck e faz o namoro chegar ao fim. E a confiança também. Chuck continua tentando reconquistá-la loucamente, até que a garota amolece novamente. Bem, nós conhecemos Chuck e Blair, não é? Então sabemos que logo os dois estarão juntos. E armando novamente.

Rory discutir com a mãe e ir morar com os avós (Gilmore Girl)

Lorelai e Rory sempre foram mais que mãe e filha. Acima de tudo, eram melhores amigas, companheiras e confidentes. Era simplesmente impossível imaginá-las separadas. Nem mesmo quando Rory se mudou para Yale, elas se desgrudaram. Telefones, visitas… Bom, isso até a garota se envolver com Logan e seus amigos e dar um giro total em sua vida. Após roubar um iate (quem, na 1ª temporada, imaginaria que Rory fosse capaz disso?), Rory decide abandonar Yale. Ao comunicar a decisão a sua mãe, encontra oposição. Porém, dessa vez, ao invés de conversar com Lorelai e chegar a uma conclusão, a jovem se revolta. Discute seriamente com a mãe e ainda sai de casa, indo morar com os avós.

Lorelai, pega completamente de surpresa com o novo temperamento da filha, fica desnorteada. Procura consolo em Luke e nos seus amigos e tenta por algumas vezes dialogar com Rory, mas a jovem não enxerga que a mãe só quer o seu bem e continua achando que é a única certa na história, partindo injustamente cada vez mais o coração daquela que sempre a amou acima de tudo. Para nossa sorte, Rory cai em si depois de ouvir umas verdades de Jess e, em uma das cenas mais emocionantes da série, volta correndo para os braços da mãe pedindo perdão.


*As informações acima retirei do site http://www.apaixonadosporseries.com.br/series/eles-nao-mereciam-isso/ através de pesquisa na internet.

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Datas Comemorativas, Grey's Anatomy, Seriados e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s