Se Beber, Não Case

Assisti este filme ontem… não é o estilo de filme que eu assisto com frequência (Comédia), mas as vezes é bom dar uma variada no genero…
 
Se Beber, Não Case
(The Hangover)
 
Sinopse
Em ‘Se Beber, Não Case’, quatro amigos vão para Las Vegas curtir uma festa de despedida de solteiro, mas perdem o noivo a apenas 40 horas do início da cerimônia. Na manhã seguinte, todos estão de ressaca e ninguém se lembra do que aconteceu na noite anterior. Para encontrar o noivo desaparecido, os três amigos terão de reconstituir os passos da noite anterior e descobrir em que momento as coisas começaram a desandar…
 
Crítica

O politicamente incorreto dá o tom na comédia do ano

Érico Borgo

 

Todd Phillips (Dias Incríveis) irrita-se com a mania do momento, categorizar os filmes de amizades masculinas de "bromances".

Para o diretor, as relações próximas entre homens (e não me refiro aqui ao tipo mostrado em O Segredo de Brokeback Mountain) geram ótimas comédias há décadas, sempre explorando os constrangedores momentos em que os "caras" precisam de alguma forma expressar seus sentimentos uns pelos outros. E se o clássico bordão "te considero pra caramba" é a manifestação suprema disso, nada melhor para Phillips que situar Se Beber Não Case (The Hangover), seu novo filme, na Meca da bebedeira e dos pecados perdoados (o que acontece por lá, fica por lá), Las Vegas.

Na trama, às vésperas do casamento de Doug (Justin Bartha), seus melhores amigos – Phil (Bradley Cooper), Stu (Ed Helms) e Alan (Zach Galifianakis) – armam uma empolgada despedida de solteiro na cidade dos cassinos. Na manhã seguinte, os três acordam com a mãe de todas as ressacas num quarto de hotel detonado, sem qualquer lembrança do que aconteceu. Pra piorar, o noivo sumiu… e o que são aquela cadeira fumegante, a galinha andando na sala, o bebê no armário ou o tigre de begala no banheiro?

Nessa espécie de amnésia cômico/etílico, as pistas precisam ser seguidas em direção a Doug antes que chegue a hora da cerimônia. A cada mistério revelado, enfileram-se novos personagens bizarros e situações surrealistas. A estrutura de sketches é divertidíssima, mas é o humor politamente incorreto o grande diferencial da comédia. Melhor ainda é quando essas piadas são disparadas por Zach Galifianakis, comediante que obteve algum reconhecimento na Internet com seu programa de entrevistas, "Entre Duas Samambaias", e aqui salta para a fama. O sujeito tem um tempo de comédia brilhante e uma expressão que mistura intensidade e inocência, perfeitamente talhada para o humor. Acredite, outra pessoa não conseguiria fazer rir usando como tema o holocausto ou o 11 de setembro. Gênio.

Se Beber Não Case é um filme direcionado para homens, mas o público feminino, se conseguir superar o fato de que todas as mulheres da história são desagradáveis e manipuladoras (com a exceção honrosa da alegre prostituta vivida por Heather Graham), deve encontrar motivos para rir também. Afinal, ressaca não tem sexo.

Essa abrangência deve ficar ainda mais evidente aqui no Brasil, país que recebeu uma versão "light" da comédia, com linguajar atenuado nas legendas e todos os pênis do filme original cortados (…) na edição. Na versão dos EUA, o baloiçante membro masculino faz rir em cenas de luta e num inusitado sexo oral da terceira idade. Aqui, uma cueca apareceu em uma das cenas e um quadriculado esconde a prática sexual. O que era 18 anos caiu para censura 14, para a alegria do estúdio regional. As risadas continuam intactas, mas a sensação de estar diante de algo que testa os limites do bom-gosto e bom-senso se perde um pouco. A original era mais contestadora e chocante, mas não será a ausência de uns cacetes algo que estragará a melhor comédia do ano.

Trailer

  

*A crítica do filme "Se Beber, Não Case" retirei do site http://omelete.com.br/cinema/critica-se-beber-nao-case/ através de pesquisa na internet.
*O trailer do filme retirei do site http://www.youtube.com/watch?v=Cm7eAq1PaXE&feature=PlayList&p=362E416E137ED423&playnext=3 através de pesquisa na internet.

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Cinefilia/Cinéfilo e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s