Falando sobre Nossa Língua Portuguesa – O que está ausente no texto abaixo?

 

Citação

Nossa Língua Portuguesa – O que está ausente no texto abaixo?

 

Leia tudo com calma e atenção… NÃO olhe a resposta no final, antes de ler… 

Imagem tirada da net

 
O que está ausente no texto abaixo? Tente descobrir!
 
Sem nenhum tropeço, posso escrever o que quiser sem ele, pois rico é o português e fértil em recursos diversos,
tudo permitindo, mesmo o que de início, e somente de início, se pode ter como impossível.
Pode-se dizer tudo, com sentido completo, como se isto fosse mero ovo de Colombo.
 
Desde que se tente sem se pôr inibido, pode muito bem o leitor empreender este belo exercício,
dentro do nosso fecundo e peregrino dizer português, puríssimo instrumento dos nossos melhores escritores
e mestres do verso, instrumento que nos legou monumentos dignos de eterno e honroso reconhecimento.
 
Trechos difíceis se resolvem com sinônimos. Observe-se bem: é certo que, em se querendo,
esgrime-se sem limites com este divertimento instrutivo.
 
Brinque-se mesmo com tudo. É um belíssimo esporte do intelecto, pois escrevemos o que quisermos
sem o "E" ou sem o "I" ou sem o "O" e, conforme meu exclusivo desejo, escolherei outro, discorrendo livremente,
por exemplo, sem o "P", "R" ou "F", ou o que quiser escolher. Podemos, em estilo corrente, repetir sempre um som
ou mesmo escrever sem verbos.
 
Com o concurso de termos escolhidos, isso pode ir longe, escrevendo-se todo um discurso, um conto ou um livro inteiro
sobre o que o leitor melhor preferir.
 
Porém,mesmo sem o uso pernóstico dos termos difíceis, muito e muito se prossegue do mesmo modo,
discorrendo sobre o objeto escolhido, sem impedimentos.
 
Deploro sempre ver moços deste século inconscientemente esquecerem e oprimirem nosso português, hoje culto e belo,
querendo substituí-lo pelo inglês.
 
Por quê? Cultivemos nosso polifônico e fecundo verbo, doce e melodioso, porém incisivo e forte, messe de luminosos estilos,
voz de muitos povos, escrínio de belos versos e de imenso porte, ninho de cisnes e de condores.
 
Honremos o que é nosso, ó moços estudiosos, escritores e professores. Honremos o digníssimo modo de dizer que nos legou
um povo humilde, porém viril e cheio de sentimentos estéticos, pugilo de heróis e de nobres descobridores de mundos novos.
 
 
 
Descobriu o que está faltando? Não? Então, leia o texto de novo. Sim? Então, veja se bate com a resposta abaixo, bem abaixo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Eis a resposta:
No texto, muito bem posto por sinal, não há, em nenhum lugar, a letra "a". Você duvida? Então leia-o de novo. Depois de lê-lo, vá mais adiante, bem mais adiante.
 
A leitura é sempre um exercício de raciocínio, além de ser um jogo de imaginação muito agradável.

(Adorei este texto que recebi do meu querido amigo, parceiro de jornal, Bruninho Zanette)


*O post acima retirei do Spaces da amiga Pukka http://dicasmsnspaces3.spaces.live.com/blog/cns!E121F73D048C70ED!10088.entry?ccr=4540#comment através de pesquisa na internet.
Anúncios

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Citação e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s