Dia da Consciência Negra

 

Citação

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

 

“Vinte de novembro é o Dia Nacional da Consciência Negra.

A data – transformada em Dia Nacional da Consciência

Negra pelo Movimento Negro Unificado em 1978 –

não foi escolhida ao acaso, e sim como homenagem a Zumbi,

líder máximo do Quilombo de Palmares e símbolo da resistência negra,

 assassinado em 20 de novembro de 1695.”

UM POUCO DA HISTÓRIA

“O Quilombo dos Palmares foi fundado no ano de 1597,

por cerca de 40 escravos foragidos de um engenho

situado em terras pernambucanas.

Alguns anos após a sua fundação,o Quilombo dos Palmares

foi invadido por uma expedição bandeirante.

 Muitos habitantes, inclusive crianças, foram degolados.

Um recém-nascido foi levado pelos invasores

e entregue como presente a Antônio Melo, um padre da vila de Recife.

O menino, batizado pelo padre com o nome de Francisco,

foi criado e educado pelo religioso, que lhe ensinou a ler e escrever,

além de lhe dar noções de latim, e o iniciar no estudo da Bíblia.

 Aos 12 anos o menino era coroinha.

Entretanto, a população local não aprovava a atitude do pároco,

que criava o negrinho como filho, e não como servo.

Apesar do carinho que sentia pelo seu pai adotivo,

Francisco não se conformava em ser tratado de forma diferente

 por causa de sua cor.

 E sofria muito vendo seus irmãos de raça sendo humilhados e mortos

nos engenhos e praças públicas.

 Por isso, quando completou 15 anos, o franzino Francisco fugiu

e foi em busca do seu lugar de origem, o Quilombo dos Palmares.

Após caminhar cerca de 132 quilômetros, o garoto chegou à Serra da Barriga.

 Como era de costume nos quilombos, recebeu uma família e um novo nome.

Agora, Francisco era Zumbi.

 Com os conhecimentos repassados pelo padre,

 Zumbi logo superou seus irmãos em inteligência e coragem.

 Aos 17 anos tornou-se general de armas do quilombo,

 uma espécie de ministro de guerra nos dias de hoje.

Com a queda do rei Ganga Zumba, Do quilombo,

morto após acreditar num pacto de paz com os senhores de engenho,

 Zumbi assumiu o posto de rei e levou a luta pela liberdade

até o final de seus dias.

Com o extermínio do Quilombo dos Palmares pela expedição comandada pelo

 bandeirante Domingos Jorge Velho, em 1694,

Zumbi fugiu junto a outros sobreviventes do massacre

 para a Serra de Dois Irmãos, então terra de Pernambuco.

Contudo, em 20 de novembro de 1695 Zumbi foi traído

por um de seus principais comandantes, Antônio Soares,

que trocou sua liberdade pela revelação do esconderijo.

 Zumbi foi então torturado e capturado.

Jorge Velho matou o rei Zumbi e o decapitou,

levando sua cabeça até a praça do Carmo, na cidade de Recife,

onde ficou exposta por anos seguidos até sua completa decomposição.

“Deus da Guerra”, “Fantasma Imortal” ou “Morto Vivo”.

Seja qual for a tradução correta do nome Zumbi,

 o seu significado para a história do Brasil

 e para o movimento negro é praticamente unânime:

 Zumbi dos Palmares é o maior ícone da resistência negra

ao escravismo e de sua luta por liberdade.

Os anos foram passando, mas o sonho de Zumbi permanece

 e sua história é contada com orgulho pelos habitantes da região

 onde o negro-rei pregou a liberdade.”

Fontes: Dpnet.com.br
O Dia On-Line
Feranet21.com.br


*A citação ‘DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA‘ foi retirado do spaces da amiga Marcelle Barreto.

By http://marcelleba.spaces.live.com

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Datas Comemorativas e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Dia da Consciência Negra

  1. Ricardo disse:

    Querida Mariana,
    Muito boa esta postagem do ponto de vista histórico, muito bem desenvolvido pelo autor, embora s silencie quanto a data comemorativa do "dia da consciência negra", quem sabe por falta de espaço, p/ o post não ficar muito longo.
    Eu não conhecia a história toda do Zumbi dos palmares, foi ótimo p/ mim saber da origem deste ícone da resistência negra no Brasil, linda esta história.
    Hj zumbi dos palmares usa terno e gravata, e deve estar eleito como deputado, ou senador p/ bolar uma data, ou melhor, uma lei que privilegie mais uma raça em detrimento das outras no Brasil, uma lei totalmente preconceituosa, que diferencia os iguais, como desenvolvido no meu blog, onde destaco outras minorias que deveriam ser lembradas e comemoradas com uma data especial, e jamais o negro, até por não ser minoria, e sim maioria da população brasileira, conforme dados do IBGE (no meu blog). Preconceito racial é da cultura e educação de um povo, e não vai ser lei que resolva este problema. Preconceito não se acaba por um decreto!
    Um fator p/ tal preconceito ninguém menciona que é a condição natura do negro no Brasil, descendentes de escravos, até hj criados nas periferias das cidades, nas favelas, já prejudicados na infância por desnutrição, falta de instrução (escola), falta de higiene e limpeza, até pelo local em que são criados. Criados por pais ignorantes a maioria das vezes, que criam um ignorantezinho, só que de cor da pele preta, como acontece com muitos brancos, tmb, como vê-mos nas favelas, todos bem criados para serem empregados subalternos e assalariados, sem formação adequada só arrumam empregos que não precisa de qualificação profissional, como ajudante geral, auxiliar de pedreiro, mecânico de autos e por ai vai, e por tais circunstãncias sociais e econômicas crescem e formam a população pobre e prejudicada neste sistema capitalista selvagem, onde esta situação, esta miséria, esta carência é que gera o lucro da população mais rica. Quem anda de mercedes zerinho que custa mais de 100 mil reais, pode ter certeza que pode comprar e andar, pois tem muita gente ralando no buzão, que vai trabalhar de bicicleta p/ economizar, come de marmita, trabalham muito mais e ganham muito menos ano a ano, mês a mês, morando nas periferias, nas favelas, debaixo dos viadutos, engrossando a fila dos sem teto, dos descamisados, lembrando que tal sina se dá não só como os da raça negra, como pardos, mulatos e brancos pobres. O sujeito é criado p/ pião, e dentro de sua ignorância questiona esta realidade e não se conforma com tal situação, até por injusta do ponto de vista humano e social. Tais fatos acabam gerando parte deste preconceito, pois a população negra é despreparada p/ o sistema social adotado no Brasil, e independente da lei vão continuar sendo naturalmente discriminados pela sua condição socio-cultural infelizmente, pois as causas mesmo não estão sendo alteradas, e sim só os sintomas sociais.
    Quer de fato acabar com esta e outras disciminações, mude a condição de sua formação, dê oportunidades iguais p/ pobres e ricos ingressarem no mercado formal, dê a mesma instrução, qualidade de vida, dignidade humana, pelo menos um endereço já ia ajudar, em vez de ficar criando só mais um feriado, e que nada altera este quadro, ou melhor, esta realidade na formação da cidadania.
    Abraços e bjs….
    (gostei, vai p/ meu blog)
     

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s