Dia do Cinema Brasileiro

 

Citação

5 de novembro: Dia do Cinema Brasileiro

Hoje, 5 de novembro, comemora-se o Dia do Cinema Brasileiro.

A Editora Unesp possui em seu catálogo importantes obras que contribuem para a compreensão da história do cinema no país e no mundo.

Por exemplo, o livro Humberto Mauro e as imagens do Brasil (398 páginas, R$ 52), de Sheila Schvarzman, ganhador do Prêmio Almanaque 2005 da Revista de Cinema

Humberto Mauro deixou sua marca na invenção do cinema brasileiro e em muitas das suas fases de afirmação, além de criar um vínculo da cultura brasileira com a universal do mesmo modo que o fizeram Heitor Villa-Lobos, na música, Monteiro Lobato e Euclídes da Cunha, na literatura, e Almeida Júnior, na pintura. Trabalhando tanto com os aspectos técnicos quanto com os simbólicos do cinema, a autora percorre no livro caminhos que mostram como a obra de Humberto Mauro contribui para a "formulação de uma imagem do Brasil no cinema e na construção de um cinema para o Brasil".

Já em O rural no cinema brasileiro (328 páginas, R$ 45), Célia Aparecida Ferreira Tolentino discute aspectos rurais da cultura brasileira segundo a abordagem realizada pelo cinema nacional durante as décadas de 1950 e 1960. São estudados filmes com a atuação de Mazzaropi, como Candinho (1953) e Jeca Tatu (1959) e obras cinematográficas clássicas, como Vidas secas (1963), de Nelson Pereira dos Santos, e Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), de Glauber Rocha.

Também merece destaque a obra A Grande Arte da Luz e da Sombra – Arqueologia do Cinema(514 páginas, R$ 115), uma co-edição com a Editora Senac São Paulo. Neste livro, Laurent Mannoni dedica-se ao "pré-cinema", ou seja, ao esforço de conquistar a técnica da produção de imagens em movimento. O autor mostra que essa fase do cinema também foi rica em acontecimentos, com seus malogros e êxitos, seus heróis e mártires criativos. 

Os livros da Fundação Editora Unesp podem ser adquiridos pelo site www.editoraunesp.com.br  ou pelo telefone(11) 3242-7171.


No dia 8 de julho de 1896, sete meses depois de os irmãos Lumière inaugurarem a sétima arte em Paris, o Rio de Janeiro exibiu a primeira sessão de cinema no Brasil. No ano seguinte, em 1897, Paschoal Segreto e José Roberto Cunha Salles abriram a primeira sala de cinema, também no Rio de Janeiro, na rua do Ouvidor.
A sala chamava “Salão Novidades de Paris” e exibiu o primeiro filme brasileiro em 1898.

O filme, rodado por Afonso Segreto, mostrava um documentário com imagens da Baía de Guanabara. Aliás, os documentários foram as primeiras produções brasileiras. Depois de 1912, começava uma incipiente produção nacional com “Os Três Irmãos” e “Na Primavera da Vida”, do cineasta Humberto Mauro. Mas foi somente em 1929 que foi lançado o primeiro filme brasileiro totalmente sonorizado. O filme se chamava “Limite” e foi filmado por Mário Peixoto.
Em 1930, o primeiro estúdio de cinema do Brasil foi instalado no Rio de Janeiro, por Adhemar Gonzaga. Chamado de Cinédia, o estúdio produzia comédias musicais e dramas populares.

Em 1941, surgiu a Atlântida, famosa produtora das chanchadas que marcaram época, revelando cineastas como Carlos Manga. No fim da década de 40, foi a vez do estúdio Vera Cruz, que começou a produzir filmes no estilo de Hollywood. Em 1952, o filme “O Cangaceiro”, rodado por Lima Barreto, conseguiu entrar no circuito internacional e foi premiado no Festival de Cannes em 1953.

Autor: Juscelino Tanaka


*A citação ‘5 de novembro: Dia do Cinema Brasileiro‘ foi retirada do spaces abaixo através de pesquisa na internet.

By http://gilpartes.spaces.live.com

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Cinefilia/Cinéfilo, Datas Comemorativas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s