Dia Nacional da Amazônia

 

Citação

Dia Nacional da Amazônia

Dia 05 de setembro é reservado às comemorações do Dia Nacional da Amazônia.

Uma forma tímida e indiferente à maioria do povo brasileiro, de prestar uma homenagem à maior floresta tropical do mundo. A data passa despercebida ao interesse nacional e a mídia, principalmente agora, com sua agenda voltada ao lamaçal infindável que engole cada vez mais o governo do PT. Contudo, presta-se pelo menos para nos remeter à algumas reflexões sobre a real situação da nossa extraordinária floresta tropical, cuja destruição, para não perder a coerência de sua superlatividade, continua sendo processada de forma avassaladora e sem nenhuma política que possa nos dar uma perspectiva de reversão do quadro aterrador. O que nos causa indignação é conivência e a indiferença das autoridades constituídas que cerram os olhos há mais de 500 anos para o iminente desaparecimento da região.

A julgar pelo ritmo do desmatamento, só para citar os últimos quatro anos, 2001, 18.165 km2; 2002, 23.266 km2; 2003, 24.430 km2; 2004 26.130 km2, , teremos em algumas décadas, um quadro semelhante ao da Mata Atlântica que hoje mantém apenas 7,5% de suas reservas originais e ainda assim, continua sendo devastada.

O Governo anuncia, com alarde, uma estimativa de diminuição para 2005, todavia, na contramão das ações de Organizações Não Governamentais, abre linha de crédito barato e fácil para pecuaristas, que, segundo o Banco Mundial, são os principais responsáveis por esses indicadores  de desmatamento e das queimadas na Amazônia, além da grilagem de terras, trabalho escravo e a alternativas para o contrabando de madeiras de lei, num modelo absolutamente predatório onde vastas extensões de terras improdutivas num processo de esterilização irreversível, tomam o lugar do verde florestal. O conjunto da obra irá dizimar além da flora e fauna, riquezas hídricas, mineiras e outras ainda desconhecidas, dezenas de nações indígenas da região, algumas já em vias de extinção.

A Amazônia Maranhense, apontam os estudos IPAN (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) detém atualmente a maior taxa de destruição de toda a região. Parece não haver nada que detenha a sanha devastadora de grandes pecuaristas e madeireiros. A Reserva Biológica do Gurupi, é um exemplo claro dos desmandos e da incompetência dos órgãos governamentais. Dentro da área da reserva existem serrarias e estradas para transporte de madeira. Os visitantes e biólogos que esperam meses para obterem autorização para pesquisas científicas na região, são ameaçados a luz do dia pelos invasores. Tem seus equipamentos roubados ou danificados. O movimento de máquinas e caminhões transportando madeira é extraordinário. As espécies endêmicas de aves e mamíferos estão perigosamente à beira de extinção. Os dados são alarmantes mas é a realidade. A Amazônia sucumbe diante da ganância e da cobiça devastadora sem nenhuma misericórdia.

Não temos muito que comemorar nesse dia. A gigantesca floresta tropical está agonizando lentamente diante dos nossos olhos passivos e indiferentes. A natureza é forte, persistente, temos apenas que dar-lhe uma chance! Se isso não ocorrer estaremos fadados a perder um dos maiores legados naturais do planeta.  

Citação

Um esculacho pela Amazonia!

SHOW DO MINISTRO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS
 
Essa merece ser lida, afinal não é todo dia que um brasileiro dá um esculacho educadíssimo nos americanos!
Durante debate em uma universidade, nos Estados Unidos, o ex-governador do DF, ex-ministro da educação e atual senador CRISTÓVAM BUARQUE, foi questionado sobre o que pensava dainternacionalização da Amazônia.
O jovem americano introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um Humanista e não de um brasileiro.
Esta foi a resposta do Sr. Cristóvam Buarque:
"De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a internacionalização da Amazônia.

Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso. Como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de tudoo mais que tem importância para a humanidade. Se a Amazônia, sob uma ética humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro. O petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia para o nosso futuro. Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito deaumentar ou diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço.

Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país. Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocadopelas decisões arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação. Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França. Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio humano.
 
Não se pode deixar esse patrimônio cultural, como o patrimônio natural Amazônico, seja manipulado e instruído pelo gosto de umproprietário ou de um país. Não faz muito, um milionário japonês, decidiu enterrar com ele, um quadro de um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido internacionalizado. Durante este encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu acho que Nova York, como sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada. Pelo menos Manhatan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza, Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade, com sua beleza específica, sua historia do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro.

Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas, provocando uma destruição milhares de vezes maiores do que as lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.

Defendo a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança do Mundo tenha possibilidade de COMER e de ir à escola. Internacionalizemos as crianças tratando-as, todas elas, não importando o país onde nasceram, como patrimônio que merececuidados do mundo inteiro. Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo. Mas, enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia seja nossa. Só nossa!"

*A citação ‘Dia Nacional da Amazônia‘ foi retirado do spaces abaixo através de pesquisa na internet.

By http://tarponway.spaces.live.com/blog

*A citação ‘Um esculacho pela Amazônia!‘ foi retirado do spaces abaixo através de pesquisa na internet.

By http://lialainelianebrazil.spaces.live.com/blog/

Anúncios

Sobre maryalcantaras

Sou uma pessoa calma e bastante tímida. Não costumo sair muito e por isso vivo na internet. Sou bem eclética em questões referentes a preferências... adoro ler, ouvir música, dançar e tomar umas biritas de vez em quando... mas o que eu adoro mesmo é DORMIR e BEIJAR!!! Meu hobbie é DORMIR. Me interesso por coisas variadas, gosto tanto de coisas simples quanto de coisas rebuscadas. "O Amor conquista-se com Amor e não impondo regras." (A.D.) E talvez tenha de praticar um pouco mais a minha tolerância...
Esse post foi publicado em Datas Comemorativas e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Dia Nacional da Amazônia

  1. disse:

    Olá amiga gostei muito dos teus presentes e visitas obrigada de coração. Muito bom esse texto falando da Amazônia gostei muito. Fica com Deus um abraço.

    Amigos verdadeiros, são para sempre porque…não importa a distância,no coração estarão sempre perto.não importam as diferenças,no coração sempre terão um ponto de acordo.não importam as brigas,no coração sempre haverá lugar para o perdão.não importam circunstâncias,sempre haverá um ombro para recostar,mãos para ajudar,olhos para enxergar e chorar de alegria e dor,bocas para expressar as verdades e sorrir.Amigos, verdadeiros são para sempre, porquequando dois corações se unem, formando um só,DEUS se manifesta ali, através do amore o amor é mais forte que a morte,é benigno, paciente, tudo sofre, crê, supera.não se ufana, nem se ensoberbece, apenas …ama.certamente, permanece.
    (Alessandra S. L.  Nascimento

    Curtir

  2. Betina disse:

    Oi mari.
     adorei o tema sobre a  Amazônia.
    você sempre atualizando o teu space.
    O importante que você não deixa de dar os devidos créditos as pessoas que escrevem.
    Parabéns!!!!
     

    Curtir

  3. inexistente disse:

    o tempo, subitamente solto pelas ruas e pelos dias,como a onda de uma tempestade a arrastar o mundo,mostra-me o quanto te amei antes de te conhecer.eram os teus olhos, labirintos de água, terra, fogo, ar,que eu amava quando imaginava que amava. era a tuaa tua voz que dizia as palavras da vida. era o teu rosto.era a tua pele. antes de te conhecer, existias nas árvorese nos montes e nas nuvens que olhava ao fim da tarde.muito longe de mim, dentro de mim, eras tu a claridade.
    Luis Peixoto
    uma beijoca e um bom dia
    te adoro
    madalena 

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s